10 dicas para aproveitar o melhor da Black Friday

Você quer saber como evitar ser enganado e se dar bem durante a Black Friday? Confira as nossas dicas!

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/10-dicas-para-aproveitar-o-melhor-da-black-friday/
Clique para copiar

Há alguns anos, a Black Friday no Brasil não funcionava muito bem, principalmente por conta das companhias que ofertavam produtos com falsos descontos. Mas agora a situação é outra, porém os consumidores ainda devem ficar atentos ao que e onde compram.

Neste ano, a data será comemorada no dia 29 de novembro, seguido pela Cyber Monday, no dia 2 de dezembro. Milhares de lojas brasileiras vão oferecer diversas promoções, mas isso não quer dizer que você pode confiar em todas.

A procura por preços baixos pode acabar cegando os consumidores e, assim, eles podem comprar produtos que não tiveram promoções reais ou deixar seu dinheiro em lojas golpistas. Então, você quer saber como evitar ser enganado e se dar bem durante a Black Friday? Confira as nossas dicas!

1. Faça a sua lista de produtos

Para ter sucesso na Black Friday você precisa saber o que quer comprar. Nem tudo está em promoção, então, sabendo o que você deseja, você pode fazer uma ótima varredura nas lojas participantes do evento.

É claro que surgem promoções de produtos que nem pensaríamos em comprar, mas acabamos comprando por conta do preço. Mas normalmente os usuários querem produtos específicos, então criar uma lista é uma ótima forma de deixar tudo pronto para você apenas buscar na internet.

Alguns sites de compra até permitem que os usuários criem listas de produtos, assim, o trabalho do consumidor fica ainda mais fácil.

2. Faça um orçamento

Muitos descontos estarão disponíveis durante a Black Friday, até mesmo naqueles produtos super caros que você sempre quis comprar. Porém, não adianta querer comprar tudo o que você quer e não ter dinheiro para fazer isso.

Faça um orçamento de quanto você pode realmente gastar durante o período e mantenha esse número, mesmo se surgirem novas promoções irresistíveis. Lembre-se que, se você sair comprando tudo que está barato, talvez não vá conseguir comprar aqueles produtos que você planejou anteriormente.

3. Faça a monitoração dos preços

Com a sua listinha de produtos que deseja, agora é hora de entrar em alguns sites da sua confiança para procurar pelos preços dos produtos desejados. Ao saber o quanto eles estavam custando alguns dias antes da Black Friday, é possível saber se os descontos que as lojas oferecem são reais.

Você também pode usar sites que comparam preços, como o Buscapé ou o Zoom, para não precisar pesquisar cada um dos sites separadamente.

4. Siga os perfis das lojas nas redes sociais

Uma ótima dica é seguir os perfis do Instagram, Facebook e Twitter das lojas de sua preferência, já que muitas acabam ofertando promoções diretamente em seus perfis. Muito cuidado para acabar não seguindo perfis falsos nas redes sociais, então fique atento e confira que as contas são oficiais.

5. Desconfie de descontos absurdos

Se você encontrar um tênis que estava custando R$ 399 e em promoção o valor é de R$ 99, desconfie, na maioria das vezes não acontecem promoções com valores tão baixos, ainda mais no Brasil, que é conhecido por ser o país dos impostos.

Duas coisas podem acontecer nesses casos: a primeira é que o produto pode ser falso, e a segunda é que pode não existir um produto e o anúncio ser apenas um golpe. Ah, não se esqueça de verificar a reputação da loja para saber se ela é confiável.

6. Arrependimento de compra

O arrependimento de compra é um direito de todos os consumidores, no caso de compras realizadas pela internet há o prazo de sete dias para o cliente fazer a devolução do produto. O art. 49. descreve que o consumidor pode desistir do contrato, no prazo de sete dias a contar da assinatura ou do ato de recebimento do produto.

7. Atualize o seu antivírus

Fazer compras na internet deveria ser quase um sinônimo para “cuidado”. Você deve sempre se atentar a golpes e hackers, já que as plataformas de compra podem ser responsáveis por roubar informações ou danificar o seu computador com vírus maliciosos.

Faça a atualização do seu antivírus e, se você ainda não tem um, não custa nada. Há diversas opções gratuitas no mercado, como o Avast e AVG.

8. Fique ligado no valor do frete

Não é muito bom comprar um produto por R$ 30 e pagar quase R$ 15 no frete. O valor representa praticamente metade do valor do produto e, em alguns casos, isso realmente acontece nas lojas.

Então, fique ligado para o valor do frete de cada produto. Se o preço estiver muito acima do comum em uma loja, procure pelo mesmo produto em outro lugar. Ou, se possível, compre na internet e peça para entregar em alguma loja próxima de você, já que normalmente nessa modalidade o frete não é cobrado.

9. Organize os seus recibos

Comprou tudo o que gostaria? Então chegou a hora de organizar quais foram as suas compras. Normalmente, os servidores das lojas estão muito pesados no dia da Black Friday, já que há um alto número de usuários utilizando os sites. Ou seja, algumas lojas podem não enviar o e-mail de confirmação assim que você finalizar a compra, por isso deve organizar os seus recibos e evitar que posteriormente aconteçam problemas relacionados a não existência de uma confirmação.

10. Não encontrou o seu produto em promoção? Aguarde a Cyber Monday

Se você não encontrou em promoção o produto que tanto queria, talvez seja a hora de aguardar mais um pouco para tentar ganhar um desconto. Espere pela Cyber Monday, que também é acontece em diversas lojas brasileiras. Neste ano, a promoção vai ser realizada no dia 2 de dezembro.

Relacionadas

Semana do Brasil | Mais de 3.000 lojas oferecem desconto em “Black Friday” do Governo Federal

Descontos podem chegar a até 80%, de acordo com o Governo

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site