Bengala ultrassônica para deficientes visuais é guiada pelo Google Maps

A invenção foi desenvolvida por alguém que sabe das dificuldades de não enxergar

Foto: Divulgação
http://pcworld.com.br/bengala-ultrassonica-para-deficientes-visuais-e-guiada-pelo-google-maps/
Clique para copiar

A tecnologia está aprimorando quase todas as indústrias do mercado, e isso não deve mudar nos próximos anos. Na área da saúde ocorreram grandes inovações, e parece que mais uma está prestes a chegar aos deficientes visuais.

O engenheiro cego Kursat Ceylan foi o responsável por desenvolver uma bengala inteligente, capaz de usar sensores ultrassônicos para avisar aos usuários sobre os objetos mais próximos. A WeWalk, como foi nomeada, usa vibrações para emitir os alertas. A bengala também é equipada com alto-falantes, para dar suporte ao consumidor quando a infraestrutura do ambiente não é totalmente identificada.

“Como cego, quando estou na estação de metrô, não sei qual é a minha saída… não sei qual ônibus está se aproximando… [ou] quais lojas estão ao meu redor. Esse tipo de informação pode ser fornecida com o WeWalk “, revelou Ceylan à CNN.

Para aumentar a confiança de quem usa, o WeWalk se conecta ao Google Maps para oferecer informações mais precisas. O dispositivo ainda permite que os usuários utilizem o celular conectado via Bluetooth em um touch pad na bengala, permitindo que a outra mão fique livre.

Atualmente, a WeWalk custa US$ 500 (cerca de R$ 2.055 na conversão direta). Kursta Ceylan é responsável pela startup turca Young Guru Academy (YGA), que também está por trás da produção da bengala ultrassônica.

Fonte: CNN

Relacionadas

Pesquisa da USP revela celulares como fonte de contaminação em UTIs

O estudo foi publicado no Reino Unido e gerou um alerta tanto para os profissionais de saúde quanto para os visitantes

Nova inteligência artificial prevê as chances de você ter um ataque cardíaco

É melhor prevenir do que remediar

Cigarros eletrônicos podem causar câncer e mutação genética

Os mesmos efeitos dos cigarros comuns

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site