Black Friday Chinesa acontece no dia 11/11 com descontos de até 90%

Conheça um pouco da data responsável pelo maior evento do e-commerce mundial

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/black-friday-chinesa-acontece-no-dia-11-11-com-descontos-de-ate-90/
Clique para copiar

A próxima edição da Black Friday no Brasil começa só no dia 29 de novembro, mas antes disso outro país realizará um dia inteiro de grande descontos, com milhares de produtos que também estão na mira dos consumidores brasileiros. Trata-se da Black Friday Chinesa, um dos maiores eventos do oriente quando o assunto é a venda de produtos online. Para se ter uma ideia, o dia movimenta mais dinheiro do que a Black Friday de vários países aqui das Américas, sendo maior que a edição americana, considerada uma das maiores do mundo.

O que muita gente pode não saber é que a Black Friday Chinesa não tem esse nome na China. Por lá, a data é conhecida como Single’s Day (Dia dos Solteiros, na tradução livre), ou Double Eleven (Onze em Dobro), por sempre acontecer no dia 11/11. Tudo começou no dia 11 de novembro de 1993, quando estudantes da Universidade de Nanquim organizavam atividades na tentativa de encontrar um par romântico – e uma das alternativas era comprar presentes para moças possíveis pretendentes.

A partir daí, as varejistas chinesas viram uma oportunidade de lucrar ainda mais. Naquela época, apenas homens podiam participar dos descontos, mas hoje as ofertas são válidas para todos os cidadãos, incluindo as mulheres. É nesse dia que grandes sites, como AliExpress e Gearbest, trazem ofertas em itens para casa, TVs, smartphones e uma infinidade de aparelhos e peças. Geralmente, os produtos podem ter uma redução de até 90% em seu preço original.

Se é lá na China, como aproveitar o evento aqui no Brasil?

Como o Single’s Day acontece em território chinês, a única forma de acompanhar as promoções e adquirir os produtos estando no Brasil é por meio de importação. Pode parecer algo um tanto arriscado, principalmente para quem não tem o costume ou nunca realizou compras em sites internacionais.

Felizmente, boa parte dos sites chineses que importam para o Brasil já trazem o valor em reais durante a navegação até o momento de concluir a compra. Nesse processo, também já são calculadas as taxas inseridas no produto. Ou seja, a experiência é praticamente a mesma de quando você compra alguma coisa em uma varejista online nacional.

Claro, existem outros pontos para se prestar atenção: o tempo de entrega é bem maior, podendo levar dias ou até meses; o frete cobrado pode ter um valor bem acima da média; nem todo produto pode ser rastreado; e também a possibilidade que a sua compra se perca pelo caminho. A boa notícia é que a maioria dos sites chineses possui ferramentas de proteção para garantir que o produto seja entregue. Mas é aquela coisa: sempre cheque a reputação das lojas para não cair em armadilhas.

Relacionadas

“Esquenta Black Friday” garante bônus e descontos aos clientes TIM

A operadora já está preparando as ofertas da Black Friday

10 dicas para aproveitar o melhor da Black Friday

Você quer saber como evitar ser enganado e se dar bem durante a Black Friday? Confira as nossas dicas!

Semana do Brasil | Mais de 3.000 lojas oferecem desconto em “Black Friday” do Governo Federal

Descontos podem chegar a até 80%, de acordo com o Governo

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site