Brasil não descarta negociar implementação do 5G com Huawei

País deve fechar parceria com a empresa asiática mesmo após as sanções dos Estados Unidos

Foto: Wikimedia Commons
http://pcworld.com.br/brasil-nao-descarta-negociar-implementacao-do-5g-com-huawei/
Clique para copiar

Marcos Pontes, ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, afirmou que o Brasil não cederá às pressões e opiniões dos Estados Unidos sobre a participação da Huawei no leilão do 5G no país. O evento nem começou e já é um dos palcos da disputa tecnológica entre China e Estados Unidos.

Pontes afirmou que a empresa escolhida para introduzir a tecnologia no Brasil será a mais qualificada, independentemente do cerco que os Estados Unidos vêm fazendo nos países aliados sob alegação de espionagem, roubo de dados e ataques por meio das estruturas chinesas.

Com a aproximação recente entre Brasil e Estados Unidos, a preocupação é que a restrição à Huawei se estenda para terras tupiniquins, algo que atrasaria ainda mais a implementação do 5G por aqui. O Brasil já encontra dificuldades devido, principalmente, às antenas parabólicas, que terão seus sinais de TV afetados pela tecnologia. É necessário encontrar uma solução para o problema e isso pode demorar até 2021.

A esperança de Pontes é que “da mesma forma que o Brasil não fez pleito aos Estados Unidos sobre quais negócios fazer com a China”, os Estados Unidos não interfiram na decisão brasileira sobre qual empresa deve ser a pioneira a implementar o 5G. “Um bom parceiro sempre entende as necessidades do outro”, disse o ministro.

Fonte: Bloomberg

Relacionadas

Leilão do 5G no Brasil deve ser adiado para 2021

As operadoras comentaram sobre a possível decisão do governo

Intel e MediaTek firmam parceria no desenvolvimento de modem 5G para PCs

O chip Helio M70 5G, da Intel, será utilizado como base

Qualcomm e Siemens testam 5G em ambientes industriais

Companhias querem entender como a tecnologia funcionará na indústria

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site