Cientista que criou bebês geneticamente modificados é condenado à prisão

Chinês usou método considerado inseguro para blindar DNA de bebês contra o HIV

Foto: Visual China Group via Getty Images
http://pcworld.com.br/cientista-que-criou-bebes-geneticamente-modificados-e-condenado-a-prisao/
Clique para copiar

O cientista responsável pelo nascimento dos primeiros bebês geneticamente modificados do mundo foi sentenciado a três anos de prisão e pagamento de uma multas equivalente a 384.000 euros.

Em 2018, He Jiankui usou a tecnologia CRISPR para modificar o DNA de gêmeas para que elas não herdassem o HIV do pai. Nesta segunda-feira (30), o tribunal de Shenzen, na China, sentenciou o cientista.

A acusação é de que ele usou ilegalmente a manipulação genética de embriões para fins reprodutivos usando uma técnica que ainda não é considerada segura. De acordo com a agência estatal Xinhua, três bebês geneticamente modificados nascera do projeto do cientista chinês.

Além de He Jiankui, outros dois cientistas foram acusados do exercício ilegal da Medicina. “O tribunal considerou que os três acusados não tinham qualificações médicas e buscavam fama e lucro”, disse o veredito do processo.

Fonte: New Scientist

tags

Relacionadas

Bebês nascidos no espaço podem não ser totalmente humanos, diz biólogo

Questões relacionadas ao nascimento e ao ambiente seriam determinantes

Hospitais brasileiros terão sistema de biometria para identificar bebês

Tecnologia de biometria da Griaule é usada para registrar e cadastrar a imagem da palma da mãos dos recém-nascidos

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site