Cientistas de Harvard criam tecnologia para aprimorar órgãos artificiais 3D

A equipe divulgou os resultados de seu estudo na Science Advances

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/cientistas-de-harvard-criam-tecnologia-para-aprimorar-orgaos-artificiais-3d/
Clique para copiar

Um grupo de cientistas do Instituto Wyss de Harvard, nos Estados Unidos, desenvolveu uma solução que imprimirá vasos sanguíneos 3D em tecidos vivos. A tecnologia é uma solução para os órgãos produzidos em laboratórios que ainda são inviáveis por carecerem de um mecanismo eficiente para fornecimento de oxigênio.

O artigo, publicado hoje na revista acadêmica Science Advances, explica como essa nova técnica, chamada método SWIFT (Escrita Sacrificial no Tecido Funcional, em português) permitirá a criação de órgãos maiores e mais eficazes. Em uma demonstração em vídeo, a equipe ilustrou como eles criaram centenas de milhares de blocos de construção de órgãos derivados de células-tronco. Logo em seguida, eles compactaram as células-tronco em um molde e, então, inseriram rapidamente a tinta sacrificial dentro da matriz usando impressão 3D incorporada. A tinta sacrificial foi posteriormente removida para revelar canais que podem funcionar como vasos sanguíneos.

De acordo com os cientistas, o método SWIFT pode funcionar com qualquer tipo de célula, incluindo organoides, corpos embrionários e esferoides multicelulares. Embora a tecnologia ainda esteja em seus estágios iniciais, ela poderá abrir caminho para que os órgãos criados em laboratório se tornem funcionais em breve.

Fonte: Engadget

tags

Relacionadas

Marcos Pontes tenta arrecadar R$ 332 milhões para pagar bolsas do CNPq

A investida do ministro é para não deixar que os bolsistas fiquem sem os valores em suas contas

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site