Conceito de elevador espacial é possível, dizem astrofísicos

Já pensou entrar em um elevador na superfície terrestre, apertar um botão e chegar à superfície lunar?

Foto: NASA/MSFC
http://pcworld.com.br/conceito-de-elevador-espacial-e-possivel-dizem-astrofisicos/
Clique para copiar

Já pensou como seria se desse para entrar em um elevador na superfície terrestre, apertar um botão e chegar à superfície lunar? Parece loucura, mas astrofísicos acreditam que essa ideia é possível – e que é possível agora, com o que temos disponível aqui, na Terra.

Baseados em seus cálculos, Zephyr Penoyre, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e Emily Sandford, da Universidade de Columbia, em Nova Iorque, acreditam ser técnica e economicamente viável a ideia de uma linha espacial ligada à Lua que só orbitaria a Terra uma vez por mês, apenas para transportes pontuais.

O elevador especial nem mesmo tocaria o solo do nosso planeta, ficando na órbita geoestacionária, ou seja, a 42.164 km acima da superfície terrestre. “Ao estender uma linha, ancorada na Lua, bem no fundo da gravidade da Terra, podemos construir um cabo estável e atravessável, permitindo o movimento livre da vizinhança da Terra para a superfície da Lua”, escreveram Penoyre e Sandford em seu artigo. Além da facilidade, os astrofísicos pensam, também, na economia e na sustentabilidade. “Reduziria o combustível necessário para alcançar a superfície da Lua para um terço do valor atual”.

A ideia parece excêntrica, mas não é nova

Apesar de excêntrica, a ideia não é nova, mas só agora recebeu estudo qualificado para atestar sua viabilidade em termos de custo e praticidade. Quanto ao material necessário, a teoria já comprovou que sim, é possível: um material superforte, como o polímero de carbono de Zylon, daria conta de tamanha estrutura. Como um bônus adicional, o risco de ser atingido por objetos espaciais (como meteoros) é baixo e o cabo pode ser fabricado para suportar pequenos impactos.

Ao atingir o que é conhecido como o ponto de Lagrange – local no espaço onde as forças gravitacionais da Terra e da Lua ficam próximas do equilíbrio – os pesquisadores acreditam que há estabilidade suficiente para executar o elevador. “Calculamos a tensão e o estresse na linha do espaço e mostramos que com materiais modernos ela pode ser construída dentro dos limites fundamentais dos materiais”, disseram Penoyre e Sandford.

Na concepção dos astrofísicos, há de existir uma espécie de acampamento base na superfície terrestre. “Esse acampamento base permitiria a construção e manutenção de uma nova geração de experimentos espaciais – poderíamos imaginar telescópios, aceleradores de partículas, detectores de ondas gravitacionais, viveiros, geração de energia e pontos de lançamento de missões para o resto do Sistema Solar”. Além disso, o contrapeso de uma base ajudaria a manter o longo cabo ancorado e estável, afinal, ele seria estendido por mais de 300.000 km de distância.

Por enquanto, o estudo promovido por Penoyre e Sandford ainda passa por revisão para que seja publicado oficialmente, contudo, é possível ler o texto na íntegra nos arquivos digitais da Universidade de Cornell, em Nova Iorque.

E você, acha que a ideia é possível ou não apostaria em algo do tipo?

Fonte: Business Insider

Relacionadas

Você sabe o que são soft skills? Sua carreira agradece

Além da capacidade técnica, comportamento também importa

NASA quer lançar satélite para identificar asteroides que podem atingir a Terra

De olho em possíveis ameaças do espaço

Google pode ter atingido a supremacia quântica. Entenda o que isso significa

Se você acha que seu computador esquenta, é porque ainda não conheceu um computador quântico

Há exatos 500 anos, era comprovado que a Terra é redonda

E tem gente que acredita que o planeta é plano

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site