Core i9: seus seis núcleos oferecem ganho de desempenho de até 50%

Site polonês informa que o novo chip da Intel se dá bem na execução de tarefas que exigem grande capacidade de processamento.

Foto:
http://pcworld.com.br/dados-review/core-i9-seus-seis-nucleos-oferecem-ganho-de-desempenho-de-ate-50/
Clique para copiar

Os processadores Core i9 da Intel não chegam ao mercado tão cedo. Contudo, isso não impediu o site polonês PCLab de submeter o novo chip de 32 nanômetros a uma série de testes de desempenho.

Ao analisar a versão prévia do processador Gulftown de 2,8 GHz – codinome do Core i9, o PCLab identificou um aumento significativo na velocidade com que certos aplicativos são executados. Segundo relatório emitido por eles, tarefas que exigem uso extensivo de recursos, tais como edição de vídeos ou modelagem 3D, são executadas até 50% mais rapidamente do que nos atuais chips Core i7.

182906-corei9_test_original.jpg

Infelizmente, esse ganho de desempenho não se reflete em todas as áreas. Na manipulação de tarefas que exigem menos poder de processamento, o chip tem performance similar à do Core i7.

Já no quesito consumo de energia e necessidade de refrigeração, as coisas vão na direção contrária e o Core i9 se deu bem melhor que o modelo atualmente em comercialização pela Intel.

Vale ressaltar que os resultados (que podem ser conhecido em detalhes no site polonês – em inglês), podem mudar já que o Core i9 avaliado pode sofrer alterações até o seu lançamento final, previsto para o primeiro trimestre de 2010.

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site