Aprenda a usar mapas e coordenadas dentro de planilhas Excel

Fábio Vianna, especial para PC World*
03/09/2008 - 08h30 - Atualizada em 10/02/2009 - 16h22
Ferramenta para mapas foi suprimida do Excel desde a edição 2000 do programa; conheça uma solução gratuita para mapeamento.

Excel 150Na época do Excel 5, havia uma ferramenta chamada Microsoft Map, que colocava mapa nas planilhas, permitindo que associássemos valores a localizações geográficas.

Da versão 2000 em diante, a ferramenta foi removida, e hoje temos algumas soluções de mercado que plotam mapas e nos permitem colocar valores associados a eles.

Nestre tutorial, vamos mostrar uma solução grátis, que permitirá criar mapas de praticamente qualquer Estado e país, além de associar valores e indicadores a ele.

A primeira coisa que precisamos obter é a indicação de latitude e longitude de todo o contorno do mapa que queremos fazer. Para isso, temos um site muito bom, que oferece tais coordenadas de várias cidades/estados/regiões e até mesmo outros países, e que é mantido pela Universidade da Pensilvânia: http://www.maproom.psu.edu/cgi-bin/dcw/arealist.cgi.

Depois de selecionarmos a região desejada (em nosso exemplo, usaremos o estado de São Paulo), clique em continue e na tela seguinte marque a opção indicada a seguir:

1



Depois que gerar o arquivo TXT, grave os dados diretamente no Excel.

Na planilha que você pode baixar no endereço abaixo, já temos os dados de São Paulo e de algumas cidades para você praticar:

http://www.pcworld.com.br/idgestaticas/idgdownloads/excel/Mapa_Excel.xls

Vamos montar primeiro o contorno do Estado de SP, para depois inserirmos as cidades:

1) Vamos na planilha com as coordenadas do Estado e marcamos as células que vão de A2 até B3294;

2) Em seguida, clicamos em Inserir, Gráfico. Na aba Padrão, escolhemos o de dispersão e, ao lado, o subtipo de dispersão com linhas. Depois clique em Avançar:

2


3) Na aba Série, veja se ele configurou como abaixo (note que a latitude deve ficar no eixo X e a longitude no eixo Y). Clique em Concluir.

3

4) Para aumentarmos o tamanho do nosso mapa, precisamos eliminar o espaço em branco acima e à direita do mapa. Isso será feito ajustando-se a escala dos eixos X e Y. Note que, por padrão, o Excel está trabalhando com intervalos de escala superiores ao nosso mapa. Para acertar, faremos escalas manuais.

5) Dê um duplo clique no eixo vertical e vá até a aba escala. Nela, coloque os valores máximo -0,198, mínimo -0,2524, e deixe o resto como está. Na aba Padrões, coloque Nenhum em todos os itens, conforme abaixo, e dê OK.

4


7) Vamos fazer o mesmo com o Eixo Horizontal, colocando em máximo -0,5317 e em  mínimo -0,4416. Depois configure a aba Padrões como no eixo vertical e dê OK:

5 


Esses valores representam os limites do Estado de São Paulo. Se você fizer outro estado, use os limites daquele estado/região.

8) Agora, dê um duplo-clique na linha do estado e na aba Padrões, item Linha, altere a cor para a que preferir. Ponha Nenhum em marcador e desmarque a caixa Linha Suavizada, caso esteja selecionada. Veja:

6


9) Apague as linhas de grade e a legenda (basta clicar em cima e apertar a tecla DEL);

10) Vamos inserir o nome e posição de uma cidade. Na planilha Mapa, criamos a estrutura para extrairmos da planilha de cidades suas posições. Para puxarmos o nome das cidades, criamos uma caixa de combinação. Para criá-la, vá em Exibir, Barra de Ferramentas, Formulários.

11) No menu que surgir, clique no botão referente à caixa de combinação e desenhe-o na planilha. Em seguida, clique sobre ele com o botão direito e vá na opção Formatar Controle. Na aba Controle, em Intervalo de Entrada, marque o intervalo com o nome das cidades; em Vínculo de Célula, selecione uma célula que irá receber o valor que indicará qual cidade foi selecionada (o ideal é usar uma célula oculta. Em nossa planilha deixamos visível para facilitar o entendimento). Coloque 20 linhas suspensas (ele mostrará de 20 em 20 itens). Ele ficará:

7


12) Falta colocar as fórmulas que, a partir do valor da célula E6, vão trazer a latitude e longitude da cidade. Para isso usarei a função ÍNDICE. Veja:

8



 
13) Teste para ver se está tudo OK.

14) Vamos inserir essas coordenadas no gráfico. Para isto, clique sobre ele e vá em Gráfico, Dados de Origem e clique na aba Série. Teremos apenas a série 1, que se refere ao contorno do Estado:

9


15) Vamos clicar em Adicionar. Em Nome, pegaremos a célula onde aparece o nome da Cidade – no exemplo, a célula C10. Valores de X será C8 e Valores Y a C9. Dê OK.

10


16) No gráfico, dê um duplo-clique no ponto que vai aparecer e configure-o mudando a cor, colocando o nome da cidade. Depois dê OK.

Para mudar a cor do ponto:

11


Para inserir o nome da cidade:


12


17) Se quiser mudar a cor da fonte do nome da cidade e seu alinhamento, dê um duplo-clique sobre o nome da cidade e acerte a aba Fonte e Alinhamento.

> Clique aqui para baixar arquivo do Excel com o resultado final do passo-a-passo.

É isso.

*Fábio Vianna é bacharel em Administração de Empresas pela EAESP/FGV, sócio-diretor do Centro de Excelência em Planilhas (www.c-excel.com.br) e tem mais de 10 anos de experiência em modelagem de planilhas

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Os 10 critérios mais importantes para selecionar um Provedor de Serviços Gerenciados em Cloud Computing

Qual o papel da tecnologia no varejo atual?

Reinventar-se é crucial para permanência e sucesso no mercado e só uma TI estratégica pode conduzir essa mudança

TI do Futuro X TI do Passado

Quais tecnologias podem apoiá-lo para a transformação digital de sua empresa?

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado