Aprenda a usar mapas e coordenadas dentro de planilhas Excel

Fábio Vianna, especial para PC World*
03/09/2008 - 08h30 - Atualizada em 10/02/2009 - 16h22
Ferramenta para mapas foi suprimida do Excel desde a edição 2000 do programa; conheça uma solução gratuita para mapeamento.

Excel 150Na época do Excel 5, havia uma ferramenta chamada Microsoft Map, que colocava mapa nas planilhas, permitindo que associássemos valores a localizações geográficas.

Da versão 2000 em diante, a ferramenta foi removida, e hoje temos algumas soluções de mercado que plotam mapas e nos permitem colocar valores associados a eles.

Nestre tutorial, vamos mostrar uma solução grátis, que permitirá criar mapas de praticamente qualquer Estado e país, além de associar valores e indicadores a ele.

A primeira coisa que precisamos obter é a indicação de latitude e longitude de todo o contorno do mapa que queremos fazer. Para isso, temos um site muito bom, que oferece tais coordenadas de várias cidades/estados/regiões e até mesmo outros países, e que é mantido pela Universidade da Pensilvânia: http://www.maproom.psu.edu/cgi-bin/dcw/arealist.cgi.

Depois de selecionarmos a região desejada (em nosso exemplo, usaremos o estado de São Paulo), clique em continue e na tela seguinte marque a opção indicada a seguir:

1



Depois que gerar o arquivo TXT, grave os dados diretamente no Excel.

Na planilha que você pode baixar no endereço abaixo, já temos os dados de São Paulo e de algumas cidades para você praticar:

http://www.pcworld.com.br/idgestaticas/idgdownloads/excel/Mapa_Excel.xls

Vamos montar primeiro o contorno do Estado de SP, para depois inserirmos as cidades:

1) Vamos na planilha com as coordenadas do Estado e marcamos as células que vão de A2 até B3294;

2) Em seguida, clicamos em Inserir, Gráfico. Na aba Padrão, escolhemos o de dispersão e, ao lado, o subtipo de dispersão com linhas. Depois clique em Avançar:

2


3) Na aba Série, veja se ele configurou como abaixo (note que a latitude deve ficar no eixo X e a longitude no eixo Y). Clique em Concluir.

3

4) Para aumentarmos o tamanho do nosso mapa, precisamos eliminar o espaço em branco acima e à direita do mapa. Isso será feito ajustando-se a escala dos eixos X e Y. Note que, por padrão, o Excel está trabalhando com intervalos de escala superiores ao nosso mapa. Para acertar, faremos escalas manuais.

5) Dê um duplo clique no eixo vertical e vá até a aba escala. Nela, coloque os valores máximo -0,198, mínimo -0,2524, e deixe o resto como está. Na aba Padrões, coloque Nenhum em todos os itens, conforme abaixo, e dê OK.

4


7) Vamos fazer o mesmo com o Eixo Horizontal, colocando em máximo -0,5317 e em  mínimo -0,4416. Depois configure a aba Padrões como no eixo vertical e dê OK:

5 


Esses valores representam os limites do Estado de São Paulo. Se você fizer outro estado, use os limites daquele estado/região.

8) Agora, dê um duplo-clique na linha do estado e na aba Padrões, item Linha, altere a cor para a que preferir. Ponha Nenhum em marcador e desmarque a caixa Linha Suavizada, caso esteja selecionada. Veja:

6


9) Apague as linhas de grade e a legenda (basta clicar em cima e apertar a tecla DEL);

10) Vamos inserir o nome e posição de uma cidade. Na planilha Mapa, criamos a estrutura para extrairmos da planilha de cidades suas posições. Para puxarmos o nome das cidades, criamos uma caixa de combinação. Para criá-la, vá em Exibir, Barra de Ferramentas, Formulários.

11) No menu que surgir, clique no botão referente à caixa de combinação e desenhe-o na planilha. Em seguida, clique sobre ele com o botão direito e vá na opção Formatar Controle. Na aba Controle, em Intervalo de Entrada, marque o intervalo com o nome das cidades; em Vínculo de Célula, selecione uma célula que irá receber o valor que indicará qual cidade foi selecionada (o ideal é usar uma célula oculta. Em nossa planilha deixamos visível para facilitar o entendimento). Coloque 20 linhas suspensas (ele mostrará de 20 em 20 itens). Ele ficará:

7


12) Falta colocar as fórmulas que, a partir do valor da célula E6, vão trazer a latitude e longitude da cidade. Para isso usarei a função ÍNDICE. Veja:

8



 
13) Teste para ver se está tudo OK.

14) Vamos inserir essas coordenadas no gráfico. Para isto, clique sobre ele e vá em Gráfico, Dados de Origem e clique na aba Série. Teremos apenas a série 1, que se refere ao contorno do Estado:

9


15) Vamos clicar em Adicionar. Em Nome, pegaremos a célula onde aparece o nome da Cidade – no exemplo, a célula C10. Valores de X será C8 e Valores Y a C9. Dê OK.

10


16) No gráfico, dê um duplo-clique no ponto que vai aparecer e configure-o mudando a cor, colocando o nome da cidade. Depois dê OK.

Para mudar a cor do ponto:

11


Para inserir o nome da cidade:


12


17) Se quiser mudar a cor da fonte do nome da cidade e seu alinhamento, dê um duplo-clique sobre o nome da cidade e acerte a aba Fonte e Alinhamento.

> Clique aqui para baixar arquivo do Excel com o resultado final do passo-a-passo.

É isso.

*Fábio Vianna é bacharel em Administração de Empresas pela EAESP/FGV, sócio-diretor do Centro de Excelência em Planilhas (www.c-excel.com.br) e tem mais de 10 anos de experiência em modelagem de planilhas

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Dados Corporativos no Brasil – Mais Em Risco Do Que Nunca

Em pesquisa realizada com profissionais de segurança de TI, foi possível identificar os desafios que as empresas enfrentam para proteger seus dados. Este relatório apresenta as razões estimadas pelas empresas entrevistadas sobre os gastos com seguraça em 2017, a visão da empresa em relação a adesão de novas tecnologias versus a vulnerabilidade de segurança que podem ter e mostra como as organizações enxergam o uso da tecnologia de criptografia para a proteção de seus dados e dos ambientes tecnológicos emergentes.

Tendências em criptografia e gestão de chaves: Brasil

Grandes violações e ataques cibernéticos fizeram crescer a urgência das empresas em aprimorar sua postura de segurança. Diante deste cenário, a pesquisa conduzida pelo Ponemon Institute examinou o uso da criptografia como estratégia de segurança dos dados da empresa e qual o impacto dessa tecnologia na postura de segurança.

A Transformação Digital depende do gerenciamento de dados corporativos

Os dados são ativos valiosos para as corporações e imprescindíveis para manter sua competitividade no mercado. Conhecer estes dados e transformá-los em informação estratégica para o seu negócio é fundamental para gerar vantagem competitiva, manter e conquistar novos clientes. Mas como ver, controlar ou regular seus dados? Acesse este white paper para conferir os principais desafios enfrentados pelas organizações diante de seu grande volume de dados corporativos e como torná-los em ativos estratégicos.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado