Estudante tem visto para os EUA negado por posts em redes sociais

Mensagens enviadas por amigos em grupo foi motivo para ser barrado

Foto: Divulgação
http://pcworld.com.br/estudante-tem-visto-para-os-eua-negado-por-conteudo-em-redes-sociais/
Clique para copiar

O estudante libanês Ismail Ajjawi conseguiu uma bolsa na Universidade de Harvard e já estuda há algum tempo na instituição, mas há pouco ele retornou ao seu país natal para visitar a família e, na hora de voltar aos estudos, o governo dos Estados Unidos proibiu a entrada do garoto.

Com apenas 17 anos, Ajjawi foi questionado por funcionários da imigração e teve seu smartphone confiscado. Ao acessar o celular do garoto, os oficiais viram publicações de amigos com posições políticas opostas ao que pregado pelo governo norte-americano e, justamente por isso, seu acesso ao país foi negado.

O adolescente disse que não curtiu, compartilhou ou comentou posts anti-Trump, ou algo parecido, e que o conteúdo foi divulgado por seus amigos. Ou seja, ele estava sendo responsabilizado pelas mensagens publicados por outras pessoas com quem se relacionava online.

O garoto tentou argumentar com os oficiais, mas a tentativa foi em vão. A ação aconteceu no aeroporto de Logan, em Boston, e, após a decisão de revogação do visto, o garoto pôde ligar para os seus pais.

De acordo com informações do porta-voz da CBP (Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA) de Logan, o processo de negação de visto de Ajjawi é confidencial e, por isso, não pode revelar os detalhes do caso. O oficial apenas disse que a entrada do garoto nos Estados Unidos foi considerada inadmissível.

No ano passado, a CBP pesquisou 30.000 dispositivos de viajantes – um aumento de quatro vezes desde 2015 – sem qualquer necessidade de suspeita razoável. Além disso, desde o último mês de junho, o Departamento de Estado norte-americano passou a exigir que candidatos ao visto dos EUA enviassem junto da solicitação padrão o link das redes sociais usadas nos últimos cinco anos.

Fonte: Tech Crunch

Relacionadas

Solicitações de selfies com documento de identidade podem ser phishing

Confira as dicas antes de enviar qualquer foto pessoal para um destinatário desconhecido

11,6 mil passaportes sofrerão “recall” por falha em chip

Segundo a Folha de São Paulo, problema pode gerar erros de leitura de dados em aeroportos e postos de fronteira.

Novo passaporte com 16 itens de segurança estréia em Brasília e Goiânia

Departamento da Polícia Federal já tem 118 pontos de emissão. As novas normas devem ser implantadas em todo o país até 2007

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site