Ex-funcionários do Twitter são acusados de espionagem para Arábia Saudita

Eles são acusados de monitorar contas da rede social a mando do governo saudita

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/ex-funcionarios-do-twitter-sao-acusados-de-espionagem-para-arabia-saudita/
Clique para copiar

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos acusou ex-funcionários do Twitter de espionagem para a Arábia Saudita.

Ali Alzabarah e Ahmad Abouammo são acusados de monitorar contas da rede social a mando do governo saudita. Diferente de Alzabarah, Abouammo é um cidadão americano e foi pego procurando por informações em três contas do Twitter, incluindo uma reveladora sobre detalhes internos da liderança saudita.

Já Alzabarah, um cidadão saudita, foi acusado de roubar informações pessoais de mais de 6 mil contas da rede social, incluindo de pessoas importantes no governo.

Um terceiro homem foi acusado de roubar informações, porém, ele não trabalhava no Twitter. Ahmed Almutairi seria a pessoa que intermediava as conversas entre o governo saudita e os dois espiões que trabalhavam no Twitter.

De acordo com informações do Washington Post, os três homens estavam trabalhando em parceria com Bader Al Asaker, um oficial do governo saudita. Asaker recrutou os homens em 2014 e pagou cerca de US$ 300 mil a Abouammo , já para Alzabarah foi prometido um cargo de alto escalão dentro do governo Saudita.

Apenas Abouammo está sofrendo com as consequências, já que ele mora nos Estados Unidos e está enfrentando as acusações. Alzabarah e Almutairi vivem na Arábia Saudita e não puderam sofrer com as acusações.

Via Engadget

Relacionadas

Twitter vai banir propagandas políticas a partir de novembro

A rede social decidiu não envolver política e compras

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site