Paralisação parcial dos Correios é suspensa em todo o país

Após entrar em acordo com o TST, paralisação parcial foi interrompida

Foto: correios
http://pcworld.com.br/greve-dos-correios-e-suspensa-em-todo-o-pais/
Clique para copiar

Os Correios anunciaram nesta terça-feira (17) que a paralisação parcial, após menos de uma semana do início, vai ser suspensa em todo o país. A ação será realizada em cumprimento à determinação do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Apesar de ter paralisado boa parte do seu funcionamento, os funcionários dos Correios criaram um plano de continuidade de negócios, para amenizar a situação das pessoas que aguardam por suas encomendas. Agora, o fluxo da empresa deve voltar ao padrão até que as entregas sejam normalizadas.

“Essa foi a condição para que os Correios aceitassem a proposta do TST de manter as cláusulas do Acordo Coletivo de Trabalho 2018/2019 até o dia 2 de outubro, data do julgamento do dissídio coletivo pelo colegiado do tribunal”, foi publicado em uma nota oficial de divulgação no site dos Correios.

Empregados foram realocados de setores administrativos para realizar mutirões e, assim, regularizar as entregas o mais rápido possível.

No último dia 10 de setembro, a paralisação começou quando a categoria decidiu entrar em greve por conta de reajuste salarial, manutenção dos benefícios e, também, por conta da possível chance do governo privatizar a empresa. Cerca de 36 sindicados se manifestaram em todo o país.

Fonte: Correios

tags

Relacionadas

Greve dos Correios: PROCON-SP divulga orientações para usuários do serviço

Saiba proceder nos casos de atraso de produtos, correspondências, entre outras encomendas

Funcionários dos Correios entram em greve geral por tempo indeterminado

Trabalhadores buscam por reajustes salariais e benefícios

Mercado Livre agora permite retirar encomendas direto nos Correios

Opção já aparece tanto para anunciantes quanto consumidores

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site