Hands-on: MacBook Pro de 16 polegadas está melhor em todos os aspectos

Novo modelo chega para substituir versão de 15 polegadas. Dispositivo também será vendido no Brasil

Foto: IDG
http://pcworld.com.br/hands-on-macbook-pro-de-16-polegadas-esta-melhor-em-todos-os-aspectos/
Clique para copiar

Na última quarta-feira (14), a Apple anunciou o novo MacBook Pro de 16 polegadas, que substitui os modelos de 15 polegadas da linha de laptops da Apple – e oferece algumas atualizações bem-vindas para iniciantes. A empresa me cedeu uma unidade para testes, que venho utilizando há alguns dias, então espere pelo meu review final. Enquanto isso, veja as minhas primeiras impressões abaixo.

Em resumo? O aparelho não reescreve completamente a história do MacBook, mas é definitivamente melhor em algumas áreas-chave.

Alterações no teclado

Críticos, alegrem-se: a Apple abandonou o teclado com mecanismo de borboleta que usava no MacBook Pro desde 2016. O novo teclado do MacBook Pro de 16 polegadas utiliza um mecanismo de tesoura e baseia-se no teclado do iMac e iMac Pro.

O novo teclado não parece tão rígido e duro quanto o teclado anterior, já que as teclas são um pouco mais leves. Com o teclado anterior do MacBook, eu sempre senti que estava batendo meus dedos contra uma pedra. Mas o novo teclado parece mais com o do MacBook Pro de 2015 – e isso é uma coisa boa. E é muito mais silencioso também. Você conhece o efeito sonoro que emana do teclado do mecanismo borboleta? Bom, não está no novo modelo.

Além disso, o novo teclado faz algumas alterações pequenas (mas significativas) no layout das teclas: o botão Touch ID tem mais espaço para respirar, a tecla Escape está de volta e as teclas de seta obtêm uma nova configuração.

Molduras menores, tela maior

A Apple reduziu as molduras do MacBook Pro de 16 polegadas, permitindo que os engenheiros especifiquem uma tela maior para mais espaço utilizável. Isso pode não ser perceptível para alguns, mas se você estiver usando um MacBook Pro de 15 polegadas por um tempo e depois mudar para o modelo de 16 polegadas, com certeza notará uma diferença gritante.

Quanto à qualidade real da tela pixel por pixel, não há nada que desaponte. A Apple usa um LED retroiluminado e ainda suporta a gama de cores P3, mas com uma resolução nativa de 3.072 x 1.920, você está olhando para cerca de 5,9 milhões de pixels na tela. O nível de detalhe é absurdamente alto, com muita vibração de cores. Se você deseja usar este MacBook Pro para trabalhos de produção que incluem correção de cores e muita atenção aos detalhes, essa tela é mais do que adequada à tarefa.

Som melhorado

A Apple atualizou o MacBook de 16 polegadas com um novo sistema de alto-falantes: agora são seis deles, incluindo o que a Apple chama de “woofers com cancelamento de ruído”. Os woofers têm dois drivers de alto-falante montados consecutivos, o que os faz cancelar as vibrações uns dos outros.

Aumente o volume e você notará imediatamente que a saída de som é alta – muito mais alta do que o esperado de um laptop. E quando você ultrapassar o volume alto (no caso, o volume mais alto para um notebook), você começará a perceber a quantidade de graves que ele produz. Não fará você se sentir em uma boate, mas é mais profundo e limpo do que a maioria dos notebooks produz. No geral, o som é mais rico e satisfatório do que antes.

Embora a Apple tenha adicionado alto-falantes ao chassi do teclado, não sacrificou nenhuma porta. Assim como os modelos de 15 polegadas, o MacBook Pro de 16 polegadas possui quatro portas Thunderbolt 3/USB-C. E também mantém a entrada P2 para fone de ouvido.

Resultados preliminares do Geekbench 5

O novo MacBook Pro vem com um processador Intel de 6 ou 8 núcleos e 9ª geração. A unidade que venho testando possui um chipset Core i9 de 2,4 GHz e 8 núcleos, 32 GB de memória DDR4 de 2667 MHz e uma GPU Radeon Pro 5500M com 8 GB de VRAM.

Aqui estão alguns resultados preliminares de benchmark usando o Geekbench 5. Como são números iniciais, eles podem mudar à medida que fazemos mais testes.

Geekbench 5: Resultados de benchmark de CPU única

Geekbench 5: Resultados de benchmark de várias CPUs

Algumas reflexões rápidas sobre esses primeiros resultados de benchmark. Tanto o novo MacBook Pro quanto os modelos de 15 polegadas substituídos usam processadores Core i9 da 9ª geração, e um dos modelos de 15 polegadas incluídos na comparação é o mesmo processador que aquele em nossa unidade de teste, um processador Core i9 de 2,4 GHz e 8 núcleos.

Contudo, embora os processadores sejam os mesmos, o novo MacBook Pro de 16 polegadas mostra um ganho de velocidade, com um aumento de 4% no núcleo único e uma melhoria de 5% no núcleo. Considerando que os novos laptops têm o mesmo preço dos modelos de 15 polegadas, você realmente consegue um acordo decente depois de considerar as outras atualizações, como a tela maior e o novo teclado.

Esse é o meu primeiro hands-on com base em apenas meio dia de uso. Fique de olho na nossa análise completa do MacBook Pro de 16 polegadas, onde examinarei mais de perto os recursos, o design e a usabilidade. E também executaremos mais benchmarks para avaliar o desempenho.

Relacionadas

Apple anuncia MacBook Pro de 16 polegadas a partir de R$ 21.599

Aparelhos já aparecem no site brasileiro da Apple, porém ainda não estão disponíveis para compra no país

Poderia a Apple criar um iPad ou MacBook inspirados no Surface Neo?

Se a Apple fizesse o próprio dispositivo de tela dupla, ele rodaria macOS ou iOS?

macOS Catalina: tudo sobre a versão mais recente do sistema da Apple

As principais dúvidas sobre a versão mais recente do sistema da Apple para Macs

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site