Homem que acusou Apple de “transformá-lo” em gay desiste de processar a empresa

Russo que não quer se idenficiar desistiu do processo após receber mensagens de ódio na internet

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/homem-que-acusou-apple-de-transforma-lo-em-gay-desiste-de-processar-a-empresa/
Clique para copiar

Há alguns dias, publicamos aqui na PCWorld Brasil sobre um caso na Rússia que deixou a Apple surpresa com um processo. Um russo entrou com uma ação contra a empresa Apple por supostamente “transformá-lo” em homossexual. Mas essa história, por mais absurda que pareça, não foi longe e já encontrou seu desfecho.

Nesta quinta-feira (17), o homem retirou a denúncia contra a gigante de Cupertino. O principal motivo foi para manter anonimato e, assim, não ficar conhecido por ser a pessoa que foi “transformada” em gay por usar produtos da companhia. A gigante de Cupertino não comentou publicamente sobre o caso, porém estava ciente da situação. 

A Rússia é conhecida por ser um país intolerante, e talvez por isso o russo afirmou que estava sendo pressionado online e que algumas pessoas estavam mandando mensagens de ódio. Foi exatamente por isso que ele desistiu do processo. Quando este foi aberto, o homem, identificado apenas como D. Razumilov, foi até a corte para acusar a Apple por manipular a sua sexualidade. Ele também pedia o valor de 1 milhão de rublos (cerca de R$ 62 mil na cotação atual) de indenização.

O russo revelou que, após receber uma notificação de seu iPhone, ele testou a sua sexualidade com homens e desde então, tem se relacionado com pessoas do mesmo sexo. “Eu tenho um namorado fixo e não sei como explicar isso para meus pais”, revelou Razumilov.

Fonte: Daily Mail

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site