Mozilla lança correção para falha grave no navegador Firefox

Se você ainda não atualizou seu browser, faça-o agora mesmo

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/mozilla-lanca-correcao-para-falha-grave-no-navegador-firefox/
Clique para copiar

Estamos há pouco mais de dez dias em 2020 e já temos a primeira falha crítica de segurança em serviços de internet. Ela vem do popular navegador Firefox da Mozilla, e é tão perigosa que até a Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura de Segurança Interna dos Estados Unidos está alertando os usuários sobre a vulnerabilidade.

A boa notícia é que o problema já foi corrigido. A má notícia é que hackers ainda estão explorando a brecha. Em termos técnicos, como explica a Mozilla, “informações incorretas no compilador IonMonkey JIT para definir elementos da matriz podem confundir os dados. Isso significa que um invasor pode explorar o código Javascript para invadir clandestinamente o PC de um usuário e instalar código malicioso fora do Firefox”. A Mozila diz que está “ciente de ataques direcionados na natureza que abusam dessa falha”, mas não fornece nenhuma informação sobre a extensão dos ataques.

O Departamento de Segurança Interna repetiu esse aviso e recomendou os usuários a “aplicar as atualizações necessárias”. O governo rastreia regularmente malware e vulnerabilidades, mas raramente os aplicativos para consumidores chegam ao nível de um alerta cibernético.

O bug foi detectado pela empresa de segurança chinesa Qihoo 360 apenas dois dias após o lançamento da atualização inicial, de acordo com o site TechCrunch. A vulnerabilidade está corrigida no Firefox 72.0.1 e no Firefox Extended Support Release (ESR) 68.4.1. O navegador deve verificar se há atualizações imediatamente após o lançamento, mas se você desabilitou essa configuração, pode atualizar seu navegador na guia Geral, dentro das configurações.

Relacionadas

10 navegadores alternativos para substituir Firefox, Chrome, Edge e IE

Para quem quer sair do mesmo e experimentar novos recursos

Como limpar os cookies e deletar seu histórico de navegação web

Saiba como deletar seus rastros no Chrome, Firefox, Edge e Opera

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site