Veja como encontrar drivers para “dispositivos desconhecidos” no Windows

Marco Chiappetta, PCWorld EUA
30 de janeiro de 2014 às 07h00
Tem um componente misterioso em seu PC? Acredite, o Windows lhe entrega de bandeja tudo o que você precisa saber para identificá-lo. Basta saber onde procurar.

Se você está instalando o Windows, provavelmente terá algum problema com drivers. Não importa se está instalando o sistema em um PC que acabou de montar, ou atualizando uma máquina para uma nova versão, há grandes chances de que o sistema não reconheça todo o hardware conectado.

Tipicamente gosto de baixar todos os drivers para os principais componentes de um PC antes mesmo de começar a instalação do sistema, mas inevitavelmente uma máquina terá uma placa-mãe com um controlador obscuro integrado, ou uma placa de expansão misteriosa, que o Windows não reconhece.

As pessoas lidam com problemas com drivers de diversas maneiras. Algumas acessam o site do fabricante da placa-mãe e procuram informações sobre ela, na expectativa de identificar o componente estranho ao ler o manual ou ficha técnica. Outros preferem desmontar a máquina e procurar na web pelos números de série em chips ou placas que não reconhecem. Você pode ter sucesso com ambos os métodos, mas existe uma forma muito melhor de identificar dispositivos desconhecidos no Windows, e você não precisará de nenhuma ferramenta especial para isso.

Rumo ao desconhecido

Pode não ser óbvio, mas o Windows lhe dá toda a informação de que você necessita para identificar uma placa desconhecida no próprio Gerenciador de Dispositivos. Você só precisa saber onde procurar.

Para começar, abra o Gerenciador: no Windows 7 basta digitar dispositivos no campo de busca no rodapé do Menu Iniciar e selecionar o item correspondente entre os resultados, no Windows 8 digite o mesmo na Tela Iniciar.

dispdesc_lista-435px.jpg
Um dispositivo desconhecido é identificado com um triângulo amarelo com um ponto de exclamação em preto

O Windows identifica quaisquer dispositivos desconhecidos com um ponto de exclamação preto dentro de um triângulo amarelo. Se você tiver sorte, o nome do dispositivo aparecerá na lista, e você pode simplesmente fazer uma busca pelos drivers no Google. Mas frequentemente estes dispositivos são indicados apenas como “Dispositivo Desconhecido”, o que não ajuda muito.

Trabalho de detetive

O “pulo do gato” é que cada item de hardware em um sistema Windows tem um identificador único. Para ver acessá-lo clique com o botão direito do mouse sobre o item na lista de dispositivos, selecione o item Propriedades no menu e clique na aba Detalhes no topo da janela que surge.

Nesta aba você verá um menu logo abaixo de Propriedade. Clique neste menu e selecione o item IDs de hardware. No campo Valor, logo abaixo do menu, irão surgir algumas informações que parecem não fazer muito sentido. O segredo é copiar um destes valores (Clique com o botão direito do mouse sobre um deles e selecione Copiar) e usá-lo para fazer uma busca no Google, seguido da palavra driver. Eu adiciono a versão do sistema ao termo, para refinar os resultados. Provavelmente em poucos minutos você conseguirá não só identificar o componente misterioso, como também baixar o driver necessário para que ele funcione corretamente.

dispdesc_id-580px.jpg
O ID de Hardware de um dispositivo é a chave para solucionar o problema

Por exemplo, ao instalar o Windows 7 em um PC recentemente notei que o ID de hardware de um dos “dispositivos desconhecidos” era

PCI\VEN_11AB&DEV_4362&SUBSYS_532111AB

Então fiz uma busca no Google por PCI\VEN_11AB&DEV_4362&SUBSYS_532111AB windows 7 driver e logo não só descobri que o dispositivo era uma controladora de rede Marvell Yukon 88E8053 PCI-E Gigabit Ethernet Controller como consegui vários links para o driver. Baixei um deles, fiz a instalação e pronto! Problema resolvido.

Saber identificar e encontrar rapidamente os drivers para dispositivos desconhecidos pode lhe economizar muito tempo, especialmente se você está constantemente atualizando e montando PCs. Se você tem uma dica parecida, deixe-a nos comentários logo abaixo e ajude nossos outros leitores!

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

O que é transformação digital?

A quarta onda de mudanças disruptivas nos negócios já se estabeleceu na América Latina. Durante o último ano, ouviu-se repetidamente as palavras “modernização”, “disrupção” e “inovação”. Mas afinal como estes conceitos realmente impactam os negócios? Sua empresa já iniciou o processo de transformação digital? Acesse este white paper e se aprofunde sobre o conceito.

Entenda como ter ganhos financeiros ao ter controle de seu parque de impressão

Em um momento econômico de retomada, as empresas que priorizaram o crescimento mesmo em um cenário adverso, buscaram parceiros em diversos setores que suportassem e apoiassem este movimento. A Le Biscuit encontrou na Simpress, empresa líder no mercado de outsourcing de impressão, o parceiro ideal para auxiliá-los na otimização de custos e processos neste segmento. Acesse o case e veja em mais detalhes como a Le Biscuit obteve controle de seu parque de impressão reduzindo seus custos e aumentado sua eficiência.

5 vantagens da clonagem de banco de dados para a criação de ambientes de teste

Em todos os projetos que envolvem a criação de ambientes de desenvolvimento e homologação existem desafios de tempo e custo operacional. Confira neste white paper 5 vantagens da clonagem de banco de dados e os benefícios que a solução DBClone pode oferecer para acelerar a criação de ambientes de desenvolvimento.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado