Intel quer que seu próximo computador não tenha fios

Agam Shah, PCWorld EUA
04/06/2014 - 11h56 - Atualizada em 04/06/2014 - 11h58
Empresa trabalha em sistemas para conexões de vídeo, dados e recarga sem fios, e espera ter modelos prontos em 2016.

Os PCs estão a caminho de uma “verdadeira experiência sem fios”, e a Intel está trabalhando em tecnologias para eliminar cabos de força, conectores de vídeo e os cabos dos periféricos, disse Kirk Skaugen, Vice-Presidente Sênior e Gerente Geral do grupo de “PC Cliente” na Intel, durante uma apresentação na feira de tecnologia Computex, que acontece nesta semana em Taipei.

A empresa trabalha em novas tecnologias para recarga, acomplamento, transmissão de vídeo e de dados sem fios. Skaugen compartilhou alguns detalhes destas tecnologias e demonstrou durante a apresentação como elas poderão funcionar.

A Intel espera ter um PC completamente livre de fios em 2016, e irá produzir um design de referência baseado em um processador da família Core de codinome Skylake, sucessor da próxima geração, de codinome Broadwell.

Talvez o maior elemento na visão da Intel de um computador livre de fios é a tecnologia para transmissão de sinais de vídeo e de dados. A Intel quer eliminar todos os fios dos desktops com a tecnologia WiGig, que é três vezes mais rápida que a geração atual do Wi-Fi, 802.11ac.

Uma conexão WiGig poderá ligar os desktops aos monitores e também servir para a comunicação com teclados e mouses, disse Skaugen. A Intel está desenvolvendo módulos WiGig para notebooks, desktops e monitores de alta resolução. WiGig tem o potencial para substituir tecnologias como HDMI e DisplayPort, e os módulos poderão ser integrados aos PCs já a partir do próximo ano, disse Skaugen.

A Dell já oferece uma dock WiGig externa como uma ponte entre monitores e PCs. O próximo passo, segundo Skaugen, é colocar os módulos dentro dos computadores.

A Intel também está trabalhando em recarga sem fios. Será possível recarregar notebooks e tablets simplesmente colocando-os sobre uma mesa ou outra superfície compatível, como já é possível com smartphones. A Intel está liderando o desenvolvimento de uma nova especificação para recarga sem fios que irá suportar até 20 Watts ou mais de potência, usando um sistema de ressonância magnética para possibilitar a recarga de notebooks.

Skaugen demonstrou um notebook sendo recarregado sem fios quando colocado em uma mesa. A tela ficava mais brilhante quando mais próximo da mesa ele ficava, indicando que a bateria estava sendo recarregada. Skaugen também mostrou um notebook Lenovo Yoga com recarga sem fios.

A Intel também anunciou que se juntou à A4WP (Alliance for Wireless Power), um grupo que define uma especificação para sistemas de recarga sem fios baseados em ressonância magnética. Fabricantes de PCs como a Fujitsu, Dell e outros também se juntaram à organização. Samsung e Qualcomm já são membros da A4WP.

Além de uma experiência sem fios, a Intel também quer tornar os computadores mais interativos. PCs com câmeras 3D chegarão ao mercado no final deste ano, disse Skaugen. As câmeras serão capazes de analisar a profundidade de uma imagem, como fazem os olhos humanos, o que irá ajudar a detectar movimento, reconhecer emoções humanas ou até mesmo determinar hábitos de leitura.

Isso é parte de um esforço da Intel chamado Perceptual Computing, em que informações obtidas através de múltiplos sensores ajudam o computador a “perceber” o mundo ao seu redor, tornando a nossa interação com a máquina mais fácil.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

O que é transformação digital?

A quarta onda de mudanças disruptivas nos negócios já se estabeleceu na América Latina. Durante o último ano, ouviu-se repetidamente as palavras “modernização”, “disrupção” e “inovação”. Mas afinal como estes conceitos realmente impactam os negócios? Sua empresa já iniciou o processo de transformação digital? Acesse este white paper e se aprofunde sobre o conceito.

Entenda como ter ganhos financeiros ao ter controle de seu parque de impressão

Em um momento econômico de retomada, as empresas que priorizaram o crescimento mesmo em um cenário adverso, buscaram parceiros em diversos setores que suportassem e apoiassem este movimento. A Le Biscuit encontrou na Simpress, empresa líder no mercado de outsourcing de impressão, o parceiro ideal para auxiliá-los na otimização de custos e processos neste segmento. Acesse o case e veja em mais detalhes como a Le Biscuit obteve controle de seu parque de impressão reduzindo seus custos e aumentado sua eficiência.

5 vantagens da clonagem de banco de dados para a criação de ambientes de teste

Em todos os projetos que envolvem a criação de ambientes de desenvolvimento e homologação existem desafios de tempo e custo operacional. Confira neste white paper 5 vantagens da clonagem de banco de dados e os benefícios que a solução DBClone pode oferecer para acelerar a criação de ambientes de desenvolvimento.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado