Aumenta venda de tablets com recurso de chamadas de voz na Ásia

Michael Kan - IDG News Service
20/08/2014 - 17h59 - Atualizada em 20/08/2014 - 18h02
Embora pareça estranho usar um tablet para fazer ligações móveis de voz, dispositivos com esse recurso já representam 25% das vendas na Ásia

Usar um tablet para fazer uma ligação telefônica celular de voz parece estranho, mas em mercados emergentes na Ásia os fabricantes de dispositivos móveis de baixo custo com telas de 7 polegadas estão encontrando um filão surpreendente decorrente de uma tendência única nessa região geográfica.

Segundo a IDC, durante o segundo trimestre de 2014, foram distribuídos 13,8 milhões de tablets na região da Ásia Pacífico, excluindo o Japão, dos quais 25% foram projetados com o recurso de realizar chamadas de voz pela rede celular. A maioria desses equipamentos custa entre US$ 100 e US$ 300.

Esse total representa um salto de 10% nas vendas comparado com o primeiro trimestre do ano. Tablets com recurso de chamadas de voz estão decolando na China, Índia, Indonésia, Malásia e Tailândia, diz Avinash Sundaram, analista da IDC. Embora os smartphones com grandes telas estejam bastante populares, alguns consumidores da região têm orçamentos apertados e querem um produto que junte as duas necessidades em um só aparelho, explica Sundaram.

"Eles não querem andar carregando um telefone, um tablet e um PC", diz o analista. "E o produto também resolve um problema de disponibilidade de dinheiro".

Fabricantes a lançar tais produtos na região incluem Samsung, Asus, Huawei e Lenovo. Mas fabricantes locais menores, como Micromax na Índia e Advan Digital na Indonésia, também estão alimentando o mercado com tablets de baixo custo. "Essa é definitivamente uma estratégia para ajudar a diferenciar os produtos", diz Sundaram.

Não se sabe exatamente quantos usuários realmente fazem ligações de voz com seus tablets, mas o recurso tem sido explorado nas campanhas de marketing e publicidade dos dispositivos, especialmente na Índia e Indonésia. Segundo o analista da IDC, é compreensível que pequenos fabricantes queiram incluir o recurso por razões de concorrência em seus aparelhos, mas empresas grandes, como a Samsung, deveriam deixar de faze-lo, para posicionar melhor seus smartphones.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Os 10 critérios mais importantes para selecionar um Provedor de Serviços Gerenciados em Cloud Computing

Qual o papel da tecnologia no varejo atual?

Reinventar-se é crucial para permanência e sucesso no mercado e só uma TI estratégica pode conduzir essa mudança

TI do Futuro X TI do Passado

Quais tecnologias podem apoiá-lo para a transformação digital de sua empresa?

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado