Smartphones na sala de aula: seis apps e plataformas para se dar bem

Da Redação
24 de agosto de 2016 às 09h34
Nem só para caçar Pokémon Go vive seu smartphone. Confira 6 ferramentas que podem turbinar seu desempenho na escola ou faculdade, sem cola

Eles caçam Pokémon, mandam mensagens, tocam músicas, produzem vídeos, fotos e, acredite, até ajudam a passar de ano, sem cola. Os smartphones são dispositivos controversos quando o assunto é escola, mas a vertente de empresas de EduTech está surgindo para provar que, de vilões, eles podem ser a melhor ferramenta para ajudar professores e alunos.

Confira seis ferramentas, incluindo uma da Google, que vão ajudar a melhorar o ano:

AppProva: Ferramenta gratuita que possibilita ao usuário testar seus conhecimentos em questões do ENEM e dos principais vestibulares do país. Permite acumular pontos, desafiar amigos e descobrir pontos fortes e fracos. A startup tem como objetivo democratizar a educação de qualidade do Brasil e a missão de oferecer mais oportunidades para estudantes dos níveis básico e superior, bem como ajudar instituições e corporações com testes, diagnósticos, planos de estudos personalizados e certificações. A plataforma está disponível para versões WEB, IOS e Android. 

Qranio: O Qranio é um aplicativo que funciona como um quizz, tem mais de 1 milhão de usuários inscritos e 18 milhões de perguntas respondidas. Disponibilizando premiações onde os usuários podem trocar suas moedas virtuais (os Qi$) por prêmios reais, a empresa já entregou mais de 6 mil prêmios desde sua criação.

Google Classroom: O aplicativo permite que os professores elaborem exercícios para que os alunos possam estudar. Dessa forma, eles conseguem saber quais realmente concluíram as tarefas. Com o app, é possível enviar imagens, gráficos, documentos em PDF e páginas do aplicativo. Um dos seus diferenciais é a integração a outras ferramentas como Gmail, Drive e Google Docs. Ele está disponível para Android e IOS.

MonsterJoy: Aplicativo que tem como objetivo oferecer as escolas opções divertidas para os alunos estudarem e realizarem os deveres de cada. Por meio de um game, os professores disponibilizam aos alunos diversas atividades que valem pontos, e a partir do momento que os mesmos acertam as questões eles têm a possibilidade de subir de nível, desbloquear acessórios e elevar o ranking de pontuação. Disponível para Android, IOS, tablets, smartphones e computadores.

Edumais: Rede social voltada para a educação em que os professores disponibilizam conteúdo pago ou gratuito como vídeoaulas, resumos, simulados ou até eventos ao vivo, com o objetivo de se aproximar de professores e alunos, A interação entre eles é feita por meio de uma timeline ou mensagem direta e mecanismos de notificação alertam o professor quando o aluno faz alguma pergunta, assim como alertam o aluno quando o professor responde à dúvida. No site é possível encontrar materiais voltados para cursos livres (que não exigem autorização do MEC) possibilitando aos estudantes se prepararem para concursos públicos, ENEM, exames de categorias profissionais e cursos de idiomas.

Você Aprende Agora: curso de inglês online baseado na Cambridge University para que você aprenda rápido e use o inglês a seu favor em sua carreira profissional, estudos, viagens e relacionamentos. Criado por Felipe Dib, o modelo de ensino foi pensado para que você aprenda da maneira mais rápida e eficiente possível e não precise ir pessoalmente a um curso.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado