Qualcomm revela Snapdragon 835, o cérebro do seu próximo smartphone

Mark Hachman | PCWorld
05/01/2017 - 06h59 - Atualizada em 05/01/2017 - 07h00
Fabricante apresentou mais detalhes do chip da próxima geração, que será capaz de alimentar dispositivos de realidade aumentada
O processador da próxima geração da Qualcomm, o Snapdragon 835, entrou em produção. E, segundo os executivos da companhia, em breve, será capaz de alimentar smartphones e dispositivos de realidade aumentada a partir do primeiro semestre de 2017. 
 
Enquanto os ganhos em desempenho são sempre apreciados, o principal impulso por trás do Snapdragon 835 é o seu consumo de energia conservador - e isso é um benefício de preservação da bateria que todos nós podemos apreciar. 
 
A empresa espera que o Snapdragon 835 atenda ou ainda supere a saturação do mercado do atual chip móvel, protagonizada pelo Snapdragon 820. Durante uma apresentação na terça-feira (3) na CES 2017, Keith Kressin, vice-presidente sênior de gerenciamento de produtos Snapdragon, ressaltou que o Snapdragon 820 está por trás de mais de 200 projetos diferentes. 
 
Atualmente, os chips Snapdragon da Qualcomm competem com os chips da série A que a Apple usa em seus iPhones, bem como os chips Exynos que aparecem em alguns dos telefones Galaxy da Samsung. Mas o silício da Qualcomm abastece a grande maioria do mercado remanescente, com alguma participação indo para Mediatek no setor de aparelhos mais modestos . 
 
Os executivos da Qualcomm anunciaram as primeiras vitórias de design para o 835 - e não são os telefones. Um dos design é um headset de realidade aumentada/realidade virtual fabricado pela ODG, enquanto o outro é o Mattel Aristóteles, descrito como uma espécie de Amazon Echo para crianças. 
 
O gerente de marketing da Snapdragon 835, Cisco Cheng, disse que é provável que a Qualcomm anuncie algumas vitórias de design no mercado de telefones no final de fevereiro durante o Mobile World Congress.
 
Baixo consumo de energia é a chave
 
Detalhes do Snapdragon 835 vazaram antes do evento, com os principais benefícios da arquitetura do chip e núcleo CPU Kryo resumido em slides do PowerPoint. 
 
Embora a Qualcomm não tenha falado sobre os blocos de lógica do Snapdragon 835 no palco durante a CES, a empresa confirmou que eles incluem a CPU Qualcomm Kryo 280 para processar a energia básica; e a GPU 540 Adreno para lidar com gráficos e exibir processamento; e o Qualcomm Hexagon 682 DSP para aprendizagem de máquina e outras tarefas repetitivas. 
 
Entretanto, executivos da Qualcomm não confirmaram as velocidades e as alimentações do novo 835 no palco. Em vez disso, Kressin priorizou o consumo de energia.
 
O 835, o primeiro Snapdragon fabricado em 10 nm, será 35% fisicamente menor que o 820 e consumirá 25% menos energia. Kressin disse que a melhoria será boa o suficiente para cerca de duas horas adicionais de duração da bateria. 
 
Ainda melhor, o 835 será fornecido com uma tecnologia chamada QuickCharge 4.0, que será projetado para entregar rapidamente energia em qualquer lugar. Kressin disse que o QuickCharge 4.0 fornecerá energia por cinco horas de conversação em apenas cinco minutos. Isso não significa que o desempenho está sendo ignorado. 
 
Pelo contrário, o desempenho gráfico aumentará em cerca de 20% em relação ao 820, disse Kressin. Executivos também disseram que a latência entre "movimento para photon" iria diminuir em cerca de 20%, o que significa basicamente que a defasagem do novo chip diminuirá para AR e VR como um benefício. 
 
Uma adição notável é a inclusão de suporte para áudio 3D nativo, de modo que os jogadores serão capazes de ouvir sons de explosões e outros efeitos posicionados em torno de sua cabeça.
 
O Snapdragon 835 também inclui Wi-Fi 2x2 MIMO 802.11ac, que a Qualcomm optou por integrar desta vez, ao invés de deixá-lo como um chip separado e volumoso. 
 
Um modem X16 gigabit complementar também está incluído. Este é o mesmo modem que a Qualcomm está construindo em carros para dar aos veículos a mesma (ou melhor) conectividade do que aquela que os usuários encontram em casa, disseram os executivos. 
 
A Qualcomm anunciou que vai se associar à Volkswagen para os modelos de 2018 e 2019 da montadora, fornecendo conectividade básica e capacidades de computação. 
 
O próximo passo é a condução autônoma, que a Qualcomm e uma série de diferentes empresas estão atacando de diferentes direções. A Qualcomm, com ênfase na conectividade, planeja parceria com a Ericsson para participar de testes de campo "V2X" neste ano. V2X, ou "veículo-para-tudo", usa rádios celulares para comunicar rotas e velocidade para permitir que os carros "sintam" ameaças que o motorista não pode ver.
 
  

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

O que é transformação digital?

A quarta onda de mudanças disruptivas nos negócios já se estabeleceu na América Latina. Durante o último ano, ouviu-se repetidamente as palavras “modernização”, “disrupção” e “inovação”. Mas afinal como estes conceitos realmente impactam os negócios? Sua empresa já iniciou o processo de transformação digital? Acesse este white paper e se aprofunde sobre o conceito.

Entenda como ter ganhos financeiros ao ter controle de seu parque de impressão

Em um momento econômico de retomada, as empresas que priorizaram o crescimento mesmo em um cenário adverso, buscaram parceiros em diversos setores que suportassem e apoiassem este movimento. A Le Biscuit encontrou na Simpress, empresa líder no mercado de outsourcing de impressão, o parceiro ideal para auxiliá-los na otimização de custos e processos neste segmento. Acesse o case e veja em mais detalhes como a Le Biscuit obteve controle de seu parque de impressão reduzindo seus custos e aumentado sua eficiência.

5 vantagens da clonagem de banco de dados para a criação de ambientes de teste

Em todos os projetos que envolvem a criação de ambientes de desenvolvimento e homologação existem desafios de tempo e custo operacional. Confira neste white paper 5 vantagens da clonagem de banco de dados e os benefícios que a solução DBClone pode oferecer para acelerar a criação de ambientes de desenvolvimento.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado