TV da LG com tela de 2,5mm e 65 polegadas pode ser colada na parede

Luiz Mazetto, de Las Vegas*
05/01/2017 - 07h22 - Atualizada em 05/01/2017 - 07h26
Trata-se da TV mais fina do mundo, segundo fabricante. Caixas de som vem separadas na forma de alto-falantes, que podem ser colocados abaixo do televisor

A LG apresentou nesta quarta-feira, 4/1, a sua nova TV ultrafina com apenas 2,57 mm de espessura no modelo de 65 polegadas, durante a feira de tecnologia CES 2017, que acontece em Las Vegas nesta semana.

Chamada de LG Signature OLED TV W (segundo a empresa, o W pode ser para “Wallpaper”, “Window” ou simplesmente “Wow”), a nova televisão da fabricante sul-coreana pode ser colada diretamente na parede com imãs especiais, eliminando qualquer espaço entre o aparelho e a parede.

De acordo com a LG, isso permite um efeito maior de imersão para o espectador, além de evitar sombras nas imagens reproduzidas na TV, que terá um total de 10 modelos diferentes, com tamanhos entre 55 polegadas e 77 polegadas.

TV LG W parede

Como esperado, já que se trata da TV mais fina do mundo, as caixas de som vem separadas na forma de alto-falantes Dolby Speaker, que podem ser colocados abaixo do televisor em um suporte – supostamente, os conectores para cabos e outras entradas da TV também estarão presentes nos alto-falantes.

Vale notar ainda que a nova TV da LG conta com o sistema webOS, da própria fabricante, e traz HDR Ativo, para melhor qualidade de imagem.

A LG não revelou quando a TV será lançada nem quanto irá custar, mas anunciou que o aparelho estará disponível primeiramente em lojas selecionadas da Best Buy nos EUA.

 

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Alcance a inovação que sua empresa precisa com a computação em nuvem

Empreendimentos realmente transformadores demandam softwares eficientes e modernos. Por isso a computação em nuvem já vem sendo adotada por inúmeras empresas de diversos segmentos e diferentes portes. Novas abordagens para o desenvolvimento de softwares são necessárias para superar desafios. Para encarar esta jornada com sucesso, acesse este guia.

Mapa estratégico de 2017 para dispositivos móveis e endpoints

Uma estratégia de endpoint deve se alinhar com as metas do negócio e apoiar o acesso de uma ampla variedade de plataformas, pois a agilidade está se tornando um requisito cada vez mais importante. Líderes de infraestrutura e operações responsáveis por estratégias para dispositivos móveis e endpoints devem se apressar em direção à independência de plataformas.

Janelas de oportunidade. Pesquisa global revela cinco principais tendências de adoção e migração para o Windows 10

O Windows 10 apresenta aos clientes uma oportunidade de aplicar melhor o gerenciamento a um grupo mais amplo de casos de uso e dispositivos, incluindo tablets, smartphones e pcs. A abordagem holística de gerenciamento unificado de endpoints (EUC, Unified Endpoint Management) permite que os clientes unifiquem o gerenciamento móvel e de desktops em um único modelo.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado