Após adiar Patch Tuesday, Microsoft libera correções para o Flash Player

PC World / EUA
22 de fevereiro de 2017 às 17h44
A empresa de Redmond soltou nesta semana uma nova atualização de segurança com as correções lançadas na semana passada pela Adobe.

Após decidir adiar seus patches de fevereiro em um mês, a Microsoft liberou nesta terça-feira, 21/2, um update de segurança crítico para o Windows que contém patches para o Flash Player liberados na última semana pela Adobe Systems.

O novo boletim de segurança, identificado como MS17-005, é classificado como crítico para os sistemas Windows 8.1, Windows RT 8.1, Windows 10 e Windows Server 2016, e como moderado para o Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2. Nessas versões do Windows, o Flash Player vem junto com o Internet Explorer 11 e com o Microsoft Edge por padrão - por isso a Microsoft entrega os patches por meio do Windows Update.

Os patches deste mês para o Flash Player foram liberados em 14 de fevereiro pela Adobe e corrigem 13 vulnerabilidades que pode levar à execução remota de código. A Adobe costuma soltar suas correções no mesmo dia que a Microsoft, uma data conhecida no mercado como Patch Tuesday. No entanto, a Microsoft resolveu adiar seus updates deste mês na última por um problema não especificado que poderia afetar os consumidores.

A Microsoft depois anunciou que seus patches de fevereiro serão liberados em 14 de março, apenas na Patch Tuesday do mês que vem. Por isso, é um tanto surpreendente que a empresa tenha decidido lançar esses patches do Flash Player agora.

Pelo ponto de vista de segurança, é uma boa que a Microsoft não tenha adiado a entrega dos patches do Flash em um mês, uma vez que essas correções já foram disponibilizadas publicamente pela Adobe e os criminosos podem aplicar engenharia reversa nelas para criar exploits.

Por outro lado, fica no ar o questionamento sobre a razão para a Microsoft não tê-los liberado na semana passada.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Tendências em criptografia e gestão de chaves: Brasil

Grandes violações e ataques cibernéticos fizeram crescer a urgência das empresas em aprimorar sua postura de segurança. Diante deste cenário, a pesquisa conduzida pelo Ponemon Institute examinou o uso da criptografia como estratégia de segurança dos dados da empresa e qual o impacto dessa tecnologia na postura de segurança.

A Transformação Digital depende do gerenciamento de dados corporativos

Os dados são ativos valiosos para as corporações e imprescindíveis para manter sua competitividade no mercado. Conhecer estes dados e transformá-los em informação estratégica para o seu negócio é fundamental para gerar vantagem competitiva, manter e conquistar novos clientes. Mas como ver, controlar ou regular seus dados? Acesse este white paper para conferir os principais desafios enfrentados pelas organizações diante de seu grande volume de dados corporativos e como torná-los em ativos estratégicos.

10 principais tendências de Business Intelligence para 2017

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado