AMD finalmente lança os primeiros processadores Ryzen para notebooks

Da Redação
26/10/2017 - 14h46 - Atualizada em 26/10/2017 - 14h47
Inicialmente, a fabricante terá dois processadores Ryzen voltados para laptops: o Ryzen 5 2500U (com clock de 2.0GHz) e o Ryzen 7 2700U (com clock de 2.2GHz)

Sede da AMD em Austin, no Texas (foto por Luiz Mazetto)

A AMD anunciou nesta semana a aguardada chegada da sua linha de processadores Ryzen aos notebooks em um movimento que consolida essa verdadeira cruzada da fabricante para voltar a fazer frente contra a rival e líder Intel.

Antes disso, a empresa americana já tinha levado a sua arquitetura Zen para PCs desktops de usuários finais e corporativos, com o Ryzen, e também para servidores e data centers, com o Epyc.

Inicialmente, a fabricante terá dois processadores Ryzen voltados para laptops: o Ryzen 5 2500U (com clock de 2.0GHz) e o Ryzen 7 2700U (com clock de 2.2GHz), ambos de 15W e com quatro núcleos e oito threads.

Focados em laptops ultrafinos, os novos Ryzen são tecnicamente APUs (accelerated processing units), combinando uma CPU e uma GPU integrada (Radeon Vega, no caso) em um único processador.

A AMD afirma que os chips chegarão ao mercado a tempo das festas de final em novas versões de laptops existentes de fabricantes como Acer, HP e Lenovo, entre outras. Mais novidades e modelos devem ser apresentados em janeiro durante a CES 2018.

 

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Alcance a inovação que sua empresa precisa com a computação em nuvem

Empreendimentos realmente transformadores demandam softwares eficientes e modernos. Por isso a computação em nuvem já vem sendo adotada por inúmeras empresas de diversos segmentos e diferentes portes. Novas abordagens para o desenvolvimento de softwares são necessárias para superar desafios. Para encarar esta jornada com sucesso, acesse este guia.

Mapa estratégico de 2017 para dispositivos móveis e endpoints

Uma estratégia de endpoint deve se alinhar com as metas do negócio e apoiar o acesso de uma ampla variedade de plataformas, pois a agilidade está se tornando um requisito cada vez mais importante. Líderes de infraestrutura e operações responsáveis por estratégias para dispositivos móveis e endpoints devem se apressar em direção à independência de plataformas.

Janelas de oportunidade. Pesquisa global revela cinco principais tendências de adoção e migração para o Windows 10

O Windows 10 apresenta aos clientes uma oportunidade de aplicar melhor o gerenciamento a um grupo mais amplo de casos de uso e dispositivos, incluindo tablets, smartphones e pcs. A abordagem holística de gerenciamento unificado de endpoints (EUC, Unified Endpoint Management) permite que os clientes unifiquem o gerenciamento móvel e de desktops em um único modelo.

Reviews

Mais reviews

Belo design, capas coloridas permitem personalizar o aparelho
Tela grande e de ótima qualidade
Bom desempenho e autonomia de bateria
Tem slot para cartões microSD

Câmera traseira tem foco fixo
Não tem flash
Não tem câmera frontal
Só 4 GB de memória interna

Desempenho excepcional
Excelente autonomia de bateria

Tela tem péssima qualidade de imagem
Grande e desengonçado