Pagamentos do Tinder serão feitos dentro do próprio app

Por enquanto, a medida só será aplicada para usuários de Android

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/pagamentos-do-tinder-serao-feitos-dentro-do-proprio-app/
Clique para copiar

O Tinder lançou um novo método de pagamento em dispositivos Android que pula a Google Play e obriga os usuários a fazerem o processo dentro de seu próprio aplicativo. Depois que o usuário insere os dados de seu cartão de crédito, o app remove a opção de voltar à Google Play para futuras compras.

Quem notou a mudança foi Ben Schachter, analista do Grupo Macquarie. “Isso faz uma diferença enorme. É um negócio incrivelmente grande que dá ao Google bilhões de dólares”, disse Schachter em relação ao montante que a empresa irá perder.

Só para se ter uma noção, desde que foi publicada pelo analista na última quarta-feira (17), a nota que fala sobre a alteração na forma de pagamento já fez as ações da Match Group Inc. – empresa controladora do Tinder – subirem 5%.

Google e Apple transformaram suas lojas de aplicativos em mercados poderosos com milhões de desenvolvedores e bilhões de consumidores. Para servir de plataforma, as empresas recebem até 30% da receita dos apps e isso vem causando uma crescente reação contra os impostos cobrados. Inclusive, Spotify, Netflix e Epic Games já manifestaram críticas e tomaram medidas contra o modelo praticado por ambas as empresas.

Nesse caso, o Tinder pode não ser tão relevante, mas é capaz de desencadear um efeito dominó. “O Tinder é relativamente pequeno e não terá um impacto enorme, mas a preocupação é se isso crescer e entrar nos aplicativos de jogos, onde começa a avançar”, explica Schachter.

Segundo Justine Secco, porta-voz da Match, a alteração faz parte do esforço da empresa para oferecer mais conveniência, controle e escolha aos usuários de seus aplicativos. “Sempre tentaremos fornecer opções que beneficiem sua experiência e oferecer opções de pagamento é um exemplo disso”, afirma.

Quanto à forma de pagamento que o app utilizará na Apple Store, a Match se recusou a responder, porque, provavelmente, discutirá uma mudança só após sua próxima divulgação de resultados, que acontecerá em 6 de agosto, já averiguando as consequências do novo método para Android.

Fonte: Bloomberg

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site