Plataforma de tecnologia escolar salva estudante de tentativa de estupro

O pai da aluna foi notificado de sua ausência na escola e saiu à procura da menina

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/plataforma-de-tecnologia-escolar-salva-estudante-de-tentativa-de-estupro/
Clique para copiar

Em outubro, a Plataforma Escola do Futuro, sistema que avisa aos pais se os filhos compareceram às aulas, salvou uma jovem estudante de uma tentativa de estupro. Por funcionar em tempo real, a plataforma envia uma mensagem aos pais logo após a conclusão da chamada em sala de aula, que notifica se o aluno compareceu à aula ou não, visando diminuir o abandono escolar no Brasil, o campeão na categoria entre os países do Mercosul.

Justamente por avisar os pais em tempo real é que a plataforma foi capaz de ajudar uma jovem que, na contramão do que costuma fazer, faltou à escola e causou estranheza em seu pai. Segundo o homem, em uma segunda-feira comum, a plataforma o notificou de que sua filha não estava na aula. Como a tinha visto sair bem cedo naquele mesmo dia, o pai, desconfiado, ligou para a escola, que confirmou que a menina não estava lá.

“Sei que ela não mata aula, ela é muito esforçada. Nervoso, saí­ de moto e comecei a rodar. Aqui tem ruas mais vazias, que passa pouca gente. Quem é da cidade conhece os lugares de risco que tem”, contou o pai em uma mensagem anônima enviada via formulário de Fale Conosco no site da Infotech Tecnologia, desenvolvedora da plataforma.

O homem ainda conta que depois de algum tempo procurando, a reconheceu devido aos desenhos estampados em seu guarda-chuva. Nessa hora, um homem desconhecido a acompanhava “colado, lado a lado”, quando pai acelerou e o estuprador, que estava armado, saiu correndo. No fim da mensagem, o homem agradeceu. “Se não fosse a mensagem no celular, me avisando que ela não tinha chegado, nem quero pensar no que tinha acontecido. Não sei se ela estaria mais aqui. Minha filha disse que é um aplicativo que as professoras usam no começo da aula, pra fazer a chamada. Descobri o nome da empresa de vocês falando com uma das professoras, e entrei no site para escrever”, afirmou.

Renato Cascardi, analista de sistemas e criador da plataforma, explicou que um dos principais diferenciais da Plataforma Escola do Futuro é que, para funcionar, a escola não precisa adquirir nenhum equipamento adicional, como leitores digitais, tablets, celulares ou câmeras, nem mesmo de rede Wi-Fi ativa, já que o sistema foi desenvolvido para ser imediato, demandando apenas que os educadores utilizem seus próprios celulares sem custos adicionais nas contas da operadora, seja ela qual for.

“Analisamos soluções de diversas Edutechs e a Plataforma Escola do Futuro oferece diferenciais únicos para escolas públicas e privadas. Implantamos a solução em alguns municípios e resultados muito relevantes já começam a surgir”, comemorou Cascardi.

Além disso, o sistema gera integração com a cozinha da escola para informar quantos alunos faltaram naquele dia, a fim de evitar o desperdício de alimentos. O acesso aos boletins e comunicados gerais também pode ser feito por meio da plataforma. “Precisamos estreitar a relação escola-família que está bastante perdida e que pode salvar muitos jovens da criminalidade e de situações de violência ao estarem fora das escolas”, concluiu Cascardi.

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site