Prefeitura de São Paulo começa a testar pagamentos via NFC em alguns ônibus da capital

Agora, os transportes passam a aceitar dispositivos com NFC

Foto: Divulgação
http://pcworld.com.br/prefeitura-de-sao-paulo-comeca-a-testar-pagamentos-via-nfc-em-alguns-onibus-da-capital/
Clique para copiar

Acabou o crédito do bilhete e você não tem dinheiro trocado para pagar a passagem do ônibus, mas possui cartões de banco? Tudo bem, porque a partir do próximo sábado (14) a Prefeitura de São Paulo lança um projeto piloto de pagamento por aproximação (NFC) nos ônibus da cidade de São Paulo.

Neste primeiro momento, o teste será aplicado apenas em 12 linhas da capital paulista, o que engloba, aproximadamente, 200 ônibus. Nos veículos participantes, será possível pagar as tarifas ao aproximar smartphones, smartwatches, pulseiras de pagamento e cartões de débito, crédito e pré-pagos nacionais ou internacionais nos dispositivos de validação.

O projeto conta com uma série de parceiros, incluindo Mastercard, Credicard, Visa e outros players da indústria, como a Stone, fintech de meios de pagamento que será responsável por 90% da frota inicial. A fintech está por trás da criação da tecnologia que permite o uso de dispositivos eletrônicos para realizar o pagamento nos ônibus.

Além de democratizar a alternativa para os cidadãos, o recurso visa, também, simplificar o trajeto para os milhões de turistas estrangeiros que passam pela capital todos os meses.

Como funciona?

Basta o passageiro aproximar o cartão de crédito, débito, pré-pago ou o dispositivo móvel com a tecnologia de pagamento por aproximação (NFC) em um dos validadores sinalizados para o uso da nova tecnologia. Tanto o cartão, quanto os terminais habilitados possuem o sinal de quatro ondas.

A cobrança da tarifa será debitada diretamente na fatura (para cartões de crédito) ou na conta corrente (para cartões de débito), sem custo adicional ou taxas. Os passageiros também podem usar cartões registrados em carteiras digitais (Samsung Pay, Apple Pay, entre outras) para conseguirem realizar o pagamento por aproximação.

Onde a novidade vai funcionar?

Agora, confira as linhas participantes do projeto piloto na cidade de São Paulo:

  • 2590/10 — Pq. D. Pedro II/União de Vl. Nova
  • 4031/10 — Metrô Tamanduateí/Pq. Sta. Madalena
  • 6030/10 — Term. Sto. Amaro/UNISA-CAMPUS 1
  • 917M/10 — Metrô Ana Rosa/Morro Grande
  • 2002/10 — Term. Bandeira/Ter. Pq. D. Pedro II
  • 715M/10 — Lgo. da Pólvora/Jd. Maria Luiza
  • 908T/10 — Butantã/Pq. D. Pedro II
  • 9300/10 — Ter. Pq. D. Pedro II/Ter. Casa Verde
  • 9500/10 — Pça. Do Correio/Term. Cachoeirinha
  • 5129/10 — Term. Guarapiranga/Jd. Miriam
  • 807M/10 — Shop. Morumbi/Term. Campo Limpo
  • 675R/10 — Metrô Jabaquara/Grajaú

Ao implantar o pagamento via NFC (Comunicação de Campo Próximo, na sigla em inglês), São Paulo fica ao lado de grandes metrópoles ao redor do mundo, como Nova Iorque, Londres e Sydney, e dá continuidade ao processo de modernização que se iniciou em Jundiaí, no interior do estado, e nos trens do Rio de Janeiro.

“Em Londres, onde ajudamos a implementar um sistema em 2014, o pagamento por aproximação com cartões responde atualmente por 55% das viagens realizadas no metrô, um dos mais movimentados do planeta nos horários de pico. Ao todo, são mais de 21,6 milhões de viagens por semana usando pagamentos por aproximação. Isso representa uma economia de mais de 100 milhões de euros por ano”, explicou João Pedro Paro Neto, presidente da Mastercard para Brasil e Cone Sul.

Relacionadas

Samsung Pay agora é compatível com cartões da Caixa

Por enquanto, apenas cartões de crédito da bandeira Mastercard têm suporte

Tudo sobre o Apple Card: taxas, bônus, anuidade, lançamento e mais

Cartão de crédito da Apple chega ainda em 2019

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site