Procuradores dos Estados Unidos anunciam investigação contra a Google

48 estados e 2 distritos dos EUA estão acusando a empresa de antitruste

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/procuradores-dos-estados-unidos-anunciam-investigacao-contra-a-google/
Clique para copiar

O governo dos Estados Unidos está, mais uma vez, notificando o Google pela possível falta de competitividade que ela cria no mercado.

Procuradores de 48 estados e dos territórios de Porto Rico e distrito federal de Colúmbia revelaram nesta última segunda-feira (09) que está acontecendo uma nova investigação contra a Google. Apenas os estados da Califórnia e Alabama não apoiaram a decisão.

A investigação será realizada por possível abuso de poder da empresa, que está sendo acusada de usar práticas para se destacar sempre no mercado, dificultando a concorrência. Um dos receios dos procuradores é sobre os dados coletados na web, que, possivelmente, estão beneficiando a empresa.

A Google se tornou uma das companhias que mais cresceu no mercado ao redor do mundo, muitas vezes sendo líder absoluta em certas regiões. O problema é exatamente esse, já que a empresa é gigante e consegue coletar dados dos seus usuários para se mantar grande e, assim, diminuir a competição ao seu redor.

“Aplaudimos os 50 procuradores-gerais por tomarem uma posição sem precedentes contra a Big Tech, unindo-se para investigar a destruição da concorrência da Google em buscas e publicidade. Não vimos um grande caso de monopolização contra uma gigante da tecnologia desde que a Microsoft foi processada em 1998. O anúncio de hoje marca o início de uma nova era”

A Google detém a maior parte da parcela do mercado de publicidade e, é exatamente por isso que deve ser garantido um tratamento justo as outras empresas que concorrem nesse mercado. Na União Europeia não foi diferente, no início do ano a gigante foi multada em 1,49 bilhão de libras justamente pelas ações antitruste da empresa.

Fonte: The Verge

tags

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site