“Projeto Gemini” foi gravado em 3D+, 4K e 120 FPS

O longa-metragem será exibido no dia 10 de outubro

Foto: Divulgação
http://pcworld.com.br/projeto-gemini-foi-gravado-em-3d-4k-e-120-fps/
Clique para copiar

Nesta quinta-feira (10), acontece a estreia de Projeto Gemini, novo longa-metragem estrelado por Will Smith e dirigido por Ang Lee (As Aventuras de Pi). O filme é recheado de tecnologia, já que o personagem principal tem um clone mais jovem. Além do processo de rejuvenescimento do ator, o filme foi captado em 3D+, com o intuito de levar maior definição e experiência imersiva ao espectador.

O longa-metragem conta com uma taxa de quadros de 120 FPS, muito superior aos 24 quadros por segundos que já estamos acostumados no cinema. Ang Lee também optou por usar o HFR para aumentar a qualidade do filme e criar mais percepção ao redor dos detalhes em 4K.

Todas essas tecnologias permitem a reprodução de um filme com mais cores, riqueza de detalhes, som e movimento imersivo. A tecnologia RealD também foi usada na produção.

“A RealD está sempre animada para trabalhar com Ang Lee. Ele exige a tecnologia da mais alta qualidade, e é por isso que usa equipamentos e telas RealD 3D durante as filmagens e pós-produção. Ele também usou o ‘RealD True Motion’, uma solução de software patenteada que permite capturar todas as suas filmagens em 120 FPS e manter a melhor qualidade de imagem à medida que cria versões mais baixas de FPS”, revelou um representante da RealD.

Apesar de também ser exibido em 2D de salas convencionais, Projeto Gemini poderá ser aproveitado em 60 FPS nas salas brasileiras que possuem a tecnologia de exibição 3D+.

Relacionadas

Coringa | Como nascem os monstros

A sociedade doente e o despertar de um psicopata

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site