Recurso ‘Apagar para todos’, do WhatsApp, não funciona perfeitamente no iPhone

As mensagens não são realmente deletadas do smartphone

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/recurso-apagar-para-todos-do-whatsapp-nao-funciona-perfeitamente-no-iphone/
Clique para copiar

Há alguns anos, o WhatsApp introduziu a possibilidade de apagar as mensagens, seja para o dono da conta ou para todos que estejam lendo a conversa. Aparentemente, um bug não permitia o total funcionamento do recurso quando eram enviados arquivos para usuários de iPhone.

A funcionalidade é uma ótima opção para aqueles momentos em que enviamos sem querer uma foto, mensagem, áudio ou vídeo para alguém da lista de contatos. Porém, as mensagens enviadas aos smartphones da Apple não apagam mesmo depois de usar o recurso. O problema é que, apesar de aparecer como “Mensagem apagada”, o arquivo ainda pode estar na pasta do iOS.

De acordo com informações da página The Hacker News, no Twitter, a falha foi encontrada pelo consultor de segurança Shitesh Sachan. Ele afirmou que a versão do iOS não foi desenvolvida para deletar das pastas as mensagens apagadas no WhatsApp.

Já no Android, caso o usuário utilize o recurso para apagar mensagens, elas serão deletadas do histórico da conversa e das pastas do aplicativo no smartphone.

Ao entrar em contato com a Apple, Sachan recebeu a seguinte resposta: “A funcionalidade de ‘Apagar para todos’ tem como objetivo excluir a mensagem, e não há garantia de que a mídia [ou mensagem] seja excluída permanentemente – a implementação se concentra na presença da mensagem no [chat do] WhatsApp”.

Apesar disso, a Apple revelou que pode implementar uma atualização para a funcionalidade no futuro, criando esperança aos usuários de iOS que se preocuparam com a situação.

Fonte: The Hacker News

Relacionadas

WhatsApp | Agora você pode ouvir mensagens de áudio direto pelas notificações

Por enquanto, recurso está em fase de testes apenas no iOS

Turma da Mônica é usada como isca em novo golpe no WhatsApp

Criminosos visam se aproveitar da inocência de crianças desavisadas

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site