Xandros OS 3 Deluxe

Eric Dahl, PCW - EUA
04/10/2005 - 00h00 - Atualizada em 04/10/2005 - 17h22

Notícias Relacionadas

Xandros telaComo sistema operacional gratuito, capaz de rodar no computador que você já tem, o Linux apresenta vantagem significativa sobre o Tiger. O primeiro passo para instalar o Linux é escolher uma distribuição que reúna os principais componentes e drivers de que você vai precisar. A maioria das distribuições também traz um grande leque de aplicativos gratuitos, desde um pacote de automação de escritório e um browser a games e editores de imagem.

Muitas distribuições estão disponíveis como downloads gratuitos, com maior freqüência sob a forma de um arquivo .ISO que você pode gravar em disco com a ajuda de seu software de masterização de CD. Mas há um porém: versões gratuitas raramente incluem suporte além daquele que você encontra em fóruns e FAQs no site da distribuição. Já as versões avançadas como o Xandros Desktop OS Version 3 Deluxe Edition (90 dólares – www.xandros.com) que escolhi costumam oferecer suporte.

Depois que minha máquina com o Xandros estava configurada, foi fácil e, surpreendentemente, tranqüilo habituar- me a viver com o Linux. Consegui executar tarefas como editar arquivos do Word e do Excel, navegar na web, mover arquivos na rede e usar comunicador instantâneo e e-mail. O ambiente desktop KDE é familiar e fácil de operar, ao mesmo tempo em que fornece aprimoramentos, como múltiplos desktops. Neste sentido, o Xandros provou ser uma alternativa ao Windows mais do que capaz.

Mas, embora seja fácil trabalhar com o Xandros, não senti que havia ganhado muito. Custo baixo e segurança alta estão entre as melhores coisas que o Linux tem a seu favor, tornando-o uma ótima opção se você precisa de um computador “burro de carga” à prova de bala (ou de criança). Entusiastas de games preocupados com o orçamento talvez queiram experimentar uma configuração de duplo boot: iniciar em Windows para os jogos que o demandam e executar a maioria das tarefas em Linux.

Além destes dois cenários, não consegui encontrar muitas razões práticas para um usuário de Windows intermediário a avançado se converter. Meu sistema Windows já está pago e, com um firewall eficaz, boa proteção antivírus e práticas de computação sensatas, eu, pessoalmente, não posso dizer que esteja muito preocupado com uma infecção de malware. Ainda assim, o Linux tem muito a recomendá-lo, como vi quando pesquisei algumas crenças comuns em relação a este sistema operacional.

Senso comum: Linux é difícil de instalar e usar.

Realidade:Xandros tela2 Certamente esta não foi minha experiência – os elementos básicos de instalação do Linux estão muito mais fáceis. Para colocar minha máquina de teste em funcionamento, antes configurei o BIOS do equipamento para dar partida do drive óptico (talvez você não precise passar por este etapa). Insira o primeiro CD do Xandros, reinicie e você obtém uma rotina de instalação refinada que o orienta nas decisões que você precisa tomar para instalar qualquer sistema operacional, como fuso horário para o relógio, suporte a rede e drivers de impressão. O Xandros me permitiu optar por eliminar a versão do Windows do disco rígido e começar do zero ou configurar um sistema com duplo boot que poderia rodar Windows ou Xandros. Preferi duplo boot e meu PC ficou pronto para funcionar apenas 30 minutos depois que iniciei a instalação.

Tive alguns problemas após o setup. A primeira impressora em rede que experimentei, uma antiga LaserJet 5si, da HP, não imprimiu, embora os drivers parecessem estar instalados corretamente. Uma HP mais nova, com um driver Linux da HP, funcionou perfeitamente.

Senso comum: O Linux é mais seguro do que o Windows.

Realidade: Sem dúvida. Atualmente, seria loucura usar uma máquina Windows sem todos os remendos instalados, bem como software antivírus, firewall e rastreadores de spyware. Usuários de Linux e Mac raramente precisam se preocupar com a maioria destas ferramentas. A imensa maioria de vírus, spywares e adwares mira o Windows.

Será que o Linux e outros projetos open source têm problemas de segurança? Certamente. A Mozilla Foundation, por exemplo, liberou várias atualizações para corrigir vulnerabilidades encontradas no Firefox. Software de código aberto não é uma panacéia, mas os programadores costumam fazer correções e liberar patches para falhas sérias de segurança em suas ferramentas horas depois da descoberta. O Linux foi projetado para ser um sistema operacional multiusuário e, por isso, a segurança, historicamente, tem sido o foco dos usuários deste sistema operacional. Executar um firewall no sistema desktop Linux ainda é necessário e a versão Deluxe do Xandros vem com um incluído (mas não embutido por padrão).

Senso comum: Mover arquivos de dados entre Windows e Linux pode causar problemas

Realidade: Não tanto quanto se pensa. O OpenOffice.org é um ótimo substituto do Microsoft Office. Nos testes, não deparei com problemas significativos, nem quando editei documentos do Word que usavam os modos de revisão, um antigo problema da maioria dos clones do Office.

Se o OpenOffice.org não estiver dando resultado, você pode instalar o próprio Microsoft Office com a ajuda do CrossOver Office, da CodeWeavers, que emula o suficiente do Windows para ter o Office e outros aplicativos Windows populares rodando sob o Linux. Outros aplicativos que experimentei não funcionaram tão bem. O iTunes, por exemplo, está listado como um aplicativo suportado, mas não consegui nem fazer o som funcionar sob o CrossOver.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

Social Media @PCWorld