Netbook da Lenovo se diferencia no software e sistema de recuperação

René Ribeiro, da PC WORLD
12/08/2009 - 18h42 - Atualizada em 13/08/2009 - 11h17
No IdeaPad S10, as funções Quick Start, Veriface e o sistema one-key recovery fazem toda a diferença.

Demorou, mas saiu. Com uma tela de 10,1 polegadas, o IdeaPad S10, o netbook da Lenovo, mede 24,9 centímetros de largura por 18,3 cm de profundidade por 2,9 centímetros de espessura (quando fechado) e não é pesado, tem apenas 1,2 quilo. Em geral, segue uma padronagem semelhante à de outros modelos com tela de tamanho similar.

Como não tem saliências por parte da bateria, fechado, o S10 tem o formato de um caderno, facilitando o transporte. Destaque para o acabamento simples, mas de primeira, com teclas e dobradiças do LCD resistentes.

Características gerais
A Lenovo não inova na configuração e o S10 utiliza processador Atom N270, de 1,6 GHz, vem com 1 gigabyte (GB) de memória RAM padrão DDR2 667, disco rígido de 160 GB e chip gráfico Intel GMA 950 integrado. O portátil é entregue com sistema operacional Windows XP Home com pacote de atualização SP3.

No quesito conectividade, ele possui acesso para redes Wi-Fi padrão 802.11g e Bluetooth. Na lateral esquerda há uma porta USB, conector para rede padrão Fast-Ethernet, saída VGA, entrada da fonte e leitor de cartões tipo SD, MMC, MS e MS Pro.

No lado oposto há conectores para microfone e fone de ouvidos além de mais uma porta USB. Curioso é a presença de um slot padrão ExpressCard 34, que serve para expansões. Pode ser uma opção a mais para placa de vídeo externa, por exemplo, mas difícil utilizar algo do tipo em netbook.

O disco rígido do IdeaPad S10 é dividido em duas partições. A principal, com cerca de 110 GB, onde está instalado o sistema operacional e onde são guardados os aplicativos e documentos do usuário. A segunda é uma partição escondida, de 40 GB. Lá estão os drivers e os arquivos de restauração do sistema, tornando desnecessário o uso de uma unidade óptica externa para reinstalar o sistema via DVD, em caso de problemas.

Embora o teclado seja muito confortável para usar, ele apresenta o mesmo problema de muitos netbooks: digitações longas em teclas pequenas acabam cansando.

Destaques
Logo acima do teclado e ao lado do botão para desligar o Wi-Fi e Bluetooth existe um outro, chamado One-key Recovery e funciona de duas formas. Acionado dentro do Windows XP, um aplicativo gerenciador de backup é acionado, com a função também de gerar uma imagem do disco. Por isso a segunda partição tem 40 GB.

lenovonetbooks10_350.jpg


Para dar mais segurança ao acesso do netbook, a Lenovo adicionou uma importante funcionalidade à webcam de 1,3 megapixel que vem com ele: o software Veriface, para reconhecimento de rostos. Depois de usado para registrar o rosto do usuário do S10, ao ligar o portátil e carregar o Windows, uma janela se abre e, se o usuário que está na frente a webcam não possuir o rosto cadastrado, o sistema não é liberado para uso. Nos testes, o reconhecimento não falhou uma única vez e o aplicativo levou menos de três segundos para fazer a verificação. Se optar pelo uso de senha, basta fechar a janela do Veriface.

A segunda forma de usar esse botão é ao ligar o S10, que dá acesso a uma tela para restaurar o sistema para os padrões originais de fábrica. No teste, essa restauração durou pouco mais de cinco minutos. É rápido e útil, caso ocorra uma pane no meio de uma apresentação, por exemplo.

O netbook da Lenovo traz ainda uma função chamada Quick Start, e que serve para entrar apenas em aplicativos como Skype, acessar web, ver fotos ou ouvir músicas sem precisar carregar o Windows. Tal facilidade não é exclusividade da fabricante; outros netbooks já oferecem recurso semelhante.

O S10 roda bem programas do Office, o acesso a web pela rede sem fio é tranquilo e suporta multitarefa desde que não sejam programas pesados. A autonomia da bateria (2 horas e 23 minutos) não foi grande coisa, mas dentro do esperado para uma bateria de três células. Os testes foram feitos acessando a web pela rede sem fio e executando aplicativos do BR Office.

ideapad S10

PRÓ

Softwares de recuperação e segurança
Ótimo acabamento

CONTRA

Bateria poderia durar mais

  • Nota da
    MacWorld:8.1

Preço: R$ 1.799,00

COMPARE PREÇOS

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Tendências em criptografia e gestão de chaves: Brasil

Grandes violações e ataques cibernéticos fizeram crescer a urgência das empresas em aprimorar sua postura de segurança. Diante deste cenário, a pesquisa conduzida pelo Ponemon Institute examinou o uso da criptografia como estratégia de segurança dos dados da empresa e qual o impacto dessa tecnologia na postura de segurança.

A Transformação Digital depende do gerenciamento de dados corporativos

Os dados são ativos valiosos para as corporações e imprescindíveis para manter sua competitividade no mercado. Conhecer estes dados e transformá-los em informação estratégica para o seu negócio é fundamental para gerar vantagem competitiva, manter e conquistar novos clientes. Mas como ver, controlar ou regular seus dados? Acesse este white paper para conferir os principais desafios enfrentados pelas organizações diante de seu grande volume de dados corporativos e como torná-los em ativos estratégicos.

10 principais tendências de Business Intelligence para 2017

Social Media @PCWorld