Testamos o ASUS FonePad 7, mistura de tablet e smartphone

Rafael Rigues
20 de março de 2014 às 07h00
Aparelho tem bom desempenho e boa autonomia de bateria, mas o pouco espaço na memória interna pode incomodar.

Em maio passado a ASUS lançou no mercado nacional o Fonepad, um curioso tablet Android com tela de 7” que também era capaz de fazer e receber chamadas como um smartphone comum. Sucessor deste primeiro modelo, o Fonepad 7 segue a mesma proposta de convergência, mas com melhor desempenho e algumas mudanças no design.

Design familiar

Visualmente ele é similar a outros tablets da ASUS como o primeiro Nexus 7 e o MeMO Pad HD 7, com laterais retas, cantos arredondados e o “efeito almofada” na traseira, que afina em direção às bordas dando a impressão de que o aparelho é mais fino do que realmente é. O modelo que testamos tinha a tampa traseira na cor grafite, com um padrão de círculos concêntricos em relevo, o que lhe dá um visual bastante elegante.

As mudanças no design em relação ao seu antecessor são sutis. Os alto-falantes ficam ocultos sob estreitas grades acima e abaixo da tela, o que é uma boa idéia já o som é projetado na direção do usuário, e não para longe dele como acontece com os alto-falantes posicionados na traseira.

Além disso a “tampinha” traseira que abrigava os cartões microSD e microSIM, difícilima de remover, foi eliminada: o slot para os cartões microSD fica na lateral direita, logo abaixo dos botões de força e volume, e o slot para o micro SIM fica em uma bandeja na lateral esquerda. 

Basta inserir um cartão de sua operadora favorita para fazer e receber chamadas, enviar e receber mensagens SMS e acessar a internet através de uma rede 3G, exatamente como em um smartphone comum. Isso desde que você não se importe em levar um aparelho de 12 x 19,7 cm e 328 gramas ao ouvido ou, preferencialmente, providencie um headset Bluetooth. Um recurso interessante: é possível gravar chamadas, basta tocar em um botão.

FonePad7_GravaChamada-580px
Quer gravar uma chamada? Basta apertar o botão "REC" (no destaque)

A tela LCD de 7” tem resolução de 1280 x 800 pixels e usa a tecnologia IPS, o que lhe dá excelente ângulo de visão, além de bom contraste e fidelidade de cor. E usando o app ASUS Splendid, pré-instalado no tablet, o usuário pode calibrar o balanço de branco e a temperatura de cor da tela, deixando a imagem a seu gosto.

Câmera aceitável

Logo acima da tela há uma câmera de 1.2 MP para videochamadas, e na traseira uma câmera de 5 MP para fotos, sem flash. Em ambientes bem iluminados as fotos são aceitáveis para um tablet, e há um modo HDR para equlibrar situações de contraste entre luz e sombra. Também há alguns filtros de cor integrados, além de um modo panorâmico, um para gerar GIFs animados e outro para fotos em grupo.

FonePad7_Sample_HDR-580px
A mesma cena fotografada em HDR (à esquerda) e no modo automático da câmera (à direita)
Clique para ampliar

Na hora de gravar vídeo é possível filmar em Full HD, usar o zoom e tirar fotos enquanto filma sem interromper a gravação.

Sistema recente, bom desempenho e pouco espaço

O sistema operacional do Fonepad 7 é o Android 4.3, com algumas modificações por parte da ASUS. Alguns apps úteis vem pré-instalados como o AudioWizard, para troca rápida entre perfis de áudio de acordo com o uso (Filme, Jogos, Música, etc), o App Backup para backup dos apps instalados e o App Lock para proteger apps com senha, impedindo o acesso não autorizado. E o Parental Lock permite controlar o uso do tablet, impedindo o uso do aparelho ou da conexão à internet durante um período pré-determinado.

O Fonepad 7 é baseado em um processador dual-core, o Intel Atom Z2560 rodando a 1.6 GHz. Combinado à GPU PowerVR SGX544MP2 e 1 GB de RAM isso lhe dá melhor desempenho em relação ao primeiro Fonepad, que usava um processador single-core mais lento e uma GPU mais antiga.

Em nosso teste padrão de desempenho, o AnTuTu, o tablet da ASUS chegou à marca de 19.012 pontos, o que é um excelente resultado. É mais do que a primeira versão do Nexus 7, que é nossa referência em tablets Android (13.690 pontos) e equipado com um processador quad-core Nvidia Tegra 3. Também é quase o dobro do ASUS MeMO Pad HD 7 (9.753 pontos) e não muito atrás do LG G2, o melhor tablet Android atualmente no mercado, com 22.219 pontos.

FonePad7_AnTuTu-435px
Nos testes de desempenho, Fonepad 7 superou com folga o Nexus 7  original

Já no 3DMark, um benchmark que mede o desempenho gráfico do aparelho, o Fonepad 7 chegou aos 6.403 pontos, quase o dobro do Nexus 7 (3.498 pontos), porém mais distante do LG G 2 (9.012 pontos). Ainda assim, como diz um de nossos testes, é o suficiente para “suportar fluentemente jogos de grande porte”.

Infelizmente o pouco espaço em disco prejudica o potencial do FonePad 7 para jogos, já que há apenas 8 GB de memória interna, e desse total apenas 4 GB estão disponíveis ao usuário. Com jogos modernos ocupando quase 2 GB, esse espaço não vai durar muito.

Falando em jogos, tivemos um problema incomum ao rodar Asphalt 8, um dos jogos do “pacote” que testamos em todos os nossos reviews. Na qualidade gráfica Muito Alta ou Regular tanto o cenário quanto os carros apresentaram sérias distorções nas texturas e cores, como é possível ver na imagem abaixo. 

FonePad7_Asphalt-580px
Bug distorce as texturas e cores no jogo Asphalt 8 na qualidade gráfica Muito Alta ou Regular

Alterar a qualidade gráfica para Baixa ou Muito Baixa resolve o problema, e ainda assim o jogo roda com belos gráficos e excelente desempenho. Este comportamento é muito provavelmente um “bug” do jogo que será corrigido, e não indica necessariamente um problema com o hardware, mas é digno de nota pois nunca vimos nada similar em nenhum outro aparelho que já passou por nossas mãos.

Em nosso teste de reprodução de vídeo, feito com o aparelho em modo avião e brilho da tela em 50%, conseguimos uma autonomia de cerca de 11 horas. Já no teste de navegação web, com o aparelho conectado a uma rede Wi-Fi e brilho da tela também em 50%, foram 7 horas e 40 minutos. Todos os testes foram feitos com o “Economizador de Energia” desativado.

Veredito

O Fonepad 7 é uma boa opção para quem quer dar um passo além dos “phablets” e procura um aparelho que combine o formato e tamanho de tela de um tablet com os recursos de comunicação típicos de um smartphone. O desempenho e a autonomia de bateria agradam, mas gostaríamos que houvesse uma versão com mais espaço na memória interna. 8 GB já é pouco nos dias de hoje, especialmente para quem gosta de jogar.

ASUS Fonepad 7

PRÓ

Bom desempenho
Boa autonomia de bateria
Bela tela

CONTRA

Pouco espaço na memória interna.

Fabricante: ASUS

Preço: R$ 999

O Fonepad 7 é uma boa opção para quem quer dar um passo além dos “phablets” e procura um aparelho que combine o formato e tamanho de tela de um tablet com os recursos de comunicação típicos de um smartphone. Mas gostaríamos que houvesse uma versão com mais espaço na memória interna, já que 8 GB é pouco nos dias de hoje, especialmente para quem gosta de jogar.

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Tendências em criptografia e gestão de chaves: Brasil

Grandes violações e ataques cibernéticos fizeram crescer a urgência das empresas em aprimorar sua postura de segurança. Diante deste cenário, a pesquisa conduzida pelo Ponemon Institute examinou o uso da criptografia como estratégia de segurança dos dados da empresa e qual o impacto dessa tecnologia na postura de segurança.

A Transformação Digital depende do gerenciamento de dados corporativos

Os dados são ativos valiosos para as corporações e imprescindíveis para manter sua competitividade no mercado. Conhecer estes dados e transformá-los em informação estratégica para o seu negócio é fundamental para gerar vantagem competitiva, manter e conquistar novos clientes. Mas como ver, controlar ou regular seus dados? Acesse este white paper para conferir os principais desafios enfrentados pelas organizações diante de seu grande volume de dados corporativos e como torná-los em ativos estratégicos.

10 principais tendências de Business Intelligence para 2017

Social Media @PCWorld