Testamos o Multilaser MS60. Smartphone ganha pontos pela tela e design premium

Greg Serson
16 de agosto de 2016 às 19h57
Com tela HD e um design bonito e confortável de segurar, o MS60 é uma boa opção para quem quer um smartphone de nova geração sem gastar muito!

Há uma semana recebi o smartphone Multilaser MS60 para testar e, de cara, já impressionou seu design, bonito e confortável de segurar, com acabamento e materiais que, a meu ver, não perdem para os aparelhos intermediários das grandes marcas de smartphones. 

A Multilaser parece estar atenta ao apelo que capinhas e cores têm sobre os consumidores. Dentro da caixa do MS60 encontramos três capas traseiras intercambiáveis, em plástico, nas cores preta, roxa e amarela. Além de uma capa protetora de silicone transparente feita sob medida para o aparelho.

A caixa inclui ainda um carregador USB, com saída de 5V e 1A, e um fone de ouvido intra-auricular (silicone) com botão para atendimento de chamadas.

Em termos de hardware, o MS60 tem entrada para dois chips micro SIM, câmera frontal de 8 MP e traseira de 13 MP, processador Quadcore (4x 1.3GHz) com 2GB de RAM, tela HD de 5,5 polegadas IPS e memória interna de 16GB suplementada por outros 16GB em memória SD. Tudo isso roda na versão 5.0 do sistema operacional Android, e é suportado por uma bateria Li-Ion de 2500 mAh.

Assim que liguei o aparelho pela primeira vez agradou a rápida inicialização e configuração. Em mais ou menos 20 min já tinha instalado todos os apps que eu queria (Nubank, Pokemon Go, Facebook, Waze, WhatsApp,  Need For Speed No Limits e o app do meu banco) e o celular estava rodando na minha conta do Google. Os 2 GB de RAM se mostraram uma ótima melhoria sobre o modelo anterior, o MS50, mas ainda não totalmente suficiente para garantir uma  ótima experiência com Games e/ou múltiplos apps abertos.

Outro fato interessante é que o bloqueio de tela do MS60 conta com alguns widgets legais como o feed de notícias do site Sensacionalista, um toque local da marca brasileira.

Para jogos com uso intensivo de processamento gráfico, como Need For Speed No Limits  o celular deixa a desejar, e as pistas demoram muito para carregar, assim como para inicializar o jogo. Joguei Pokemon Go tranquilamente no aparelho, sem drenar excessivamente a bateria. O destaque negativo fica para o GPS, que tanto jogando Pokemon Go como utilizando aplicativos de navegação como o Waze, me colocava com frequência no meio de quarteirões. O aviso de “no GPS signal” aparece algumas vezes nessas situações. A navegação na internet é rápida, porém o celular perde muita velocidade quando utiliza-se esses apps abertos simultaneamente.

Um app bacana para contornar essa queda de velocidade é o CM Cleaner, que já vem instalado no aparelho e auxilia o usuário no fechamento e hibernação de apps e exclusão de arquivos desnecessários como “caches” de browser de internet (eu usei o Chrome). Porém, em pouco tempo as múltiplas notificações do app começam a incomodar um pouco. 

A câmera traseira é boa, mas nada que se destaque. E apesar de não ser um grande fã de selfies, constatei que a câmera frontal desempenha bem sua função. Acredito que nessa faixa de preço, as opções para fotografia que o celular apresenta não deixam a desejar, apesar de não fotografar ou filmar em 4k e a tela do aparelho ser apenas HD.

MS60 camera traseira hdr luz alta croppado

Considero a tela um ponto bem positivo do aparelho. Como tem um bom tamanho, oferece por exemplo um teclado de fácil digitação (especialmente para quem que, como eu, tem dedos gordinhos). O aparelho tem mais ou menos o tamanho dos smartphones da série Note da Samsung e o touchscreen funciona bem. Nessa faixa de preço, a tela de 5,5 polegadas é um diferencial.

A combinação de hardware do MS60 lhe garante uma nota 6. Mas se considerarmos o custo benefício, vale tranquilamente uma nota 9 em sua categoria. Enfim, com o MS60, a Multilaser melhorou significativamente sua oferta de aparelhos, com um smartphone de design elegante e média performance a preço baixo. 

Por falar nisso, o preço sugerido pelo fabricante é de R$ 1,099.00, mas é possível achar o aparelho por menos que isso online, inclusive  no próprio site de e-commerce da Multilaser, que oferece o aparelho por R$999,00 em 10 vezes sem juros. O preço mais baixo que eu encontrei foi de R$869,00 no Walmart, que pode ser parcelado em 10x sem juros. Você acha essa oferta nesse link, se interessar.

 

Assine a Newsletter. É rápido. É grátis.

White Papers

Transforme dados em informações estratégicas para o seu negócio

As organizações de hoje em dia buscam uma abordagem à análise de autoatendimento que equilibre as necessidades da equipe de TI e da empresa. Com quatro importantes etapas a TI pode deixar de ser uma “fábrica de relatórios” para assumir um papel mais estratégico de governança e disponibilização de dados e ainda é possível implantar com sucesso a análise de autoatendimento. Acesse agora o ebook e confira as 4 etapas para uma implementação bem sucedida da análise de autoatendimento em sua empresa.

Quero migrar para a nuvem, mas como devo começar?

Desenvolvido pelos especialistas em TIC da Algar, este guia irá esclarecer todas as suas dúvidas sobre o processo de migração para a nuvem e mostrará como é possível reduzir custos de infraestrutura e manutenção. Descubra por que as empresas estão aderindo ao Cloud. Acesse o guia agora e veja 8 passos importantes para realizar a migração de aplicações e serviços de sua empresa para a nuvem.

8 dicas para reduzir os custos de TI da sua empresa

Os especialistas em TIC da Algar Telecom desenvolveram um E-book exclusivo para os gestores de TI. As dicas que serão apresentadas a seguir têm o propósito de ajudar os gestores no caminho de revisão estrutural do negócio, tendo como meta a redução de custos, mas com a manutenção da qualidade e eficiência. Acesse agora o e-book e veja como aumentar a performance de seu TI economizando.