Twitter vai banir propagandas políticas a partir de novembro

A rede social decidiu não envolver política e compras

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/twitter-vai-banir-propagandas-politicas-a-partir-de-novembro/
Clique para copiar

As redes sociais estão passando por alguns problemas relacionados à política, como o Facebook e Instagram que vão atualizar as plataformas para sinalizar publicações que são “fake news”. Agora, o Twitter anunciou que não vai permitir que sejam exibidas propagandas políticas na rede social.

A rede social de microblogging revelou que vai apagar todos os tipos de publicações que sejam relacionadas ao mundo político, a ação vai acontecer a partir de novembro.

O anúncio foi realizado no próprio Twitter, no perfil do cofundador, Jack Dorsey. Algumas propagandas ainda poderão ser exibidas, porém, nenhuma que seja partidária. Por exemplo, as publicidades de recenseamento eleitoral serão permitidas.

“Decidimos interromper toda a publicidade política no Twitter globalmente. Acreditamos que o alcance da mensagem política deve ser conquistado, não comprado. Por quê? Algumas razões”, Dorsey publicou em seu perfil.

Já o Facebook revelou que não vai proibir propagandas políticas na rede social, mesmo aquelas que sejam com conteúdos falsos – nesses casos, a publicação será apenas classificada como “fake news” e deixará de ser compartilhada, mas ainda estará lá disponível.

Dorsey também anunciou que no dia 15 de novembro serão reveladas novidades sobre a política de uso do Twitter. A publicidades políticas que ainda estão na rede começarão a ser excluídas a partir do dia 22 de novembro.

Via Digital Trends

Relacionadas

Fato ou boato? TSE cria página para esclarecer sobre notícias falsas

A ação é em consequência das fake news que surgiram nos últimos anos

Facebook e Instagram vão sinalizar publicações “fake news”

Por enquanto, a novidade está disponível apenas nos Estados Unidos

WhatsApp admite disparos massivos de mensagens nas eleições de 2018

“Sabemos que eleições podem ser vencidas ou perdidas no WhatsApp”

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site