WhatsApp testa função de mensagens autodestrutivas em grupos

Donos de grupos no aplicativo poderão definir autodestruição de conteúdos em períodos que vão de uma hora a um ano

Foto: Shutterstock
http://pcworld.com.br/whatsapp-testa-funcao-de-mensagens-autodestrutivas-em-grupos/
Clique para copiar

Tudo indica que uma das funções mais conhecidas do Snapchat será copiada para mais um aplicativo do Facebook. Uma descoberta na versão beta 2.19.348 do WhatsApp mostra uma função que permite apagar automaticamente mensagens enviadas em grupos após um determinado período. As informações são do site WABetaInfo.

O recurso vem sendo testado desde outubro deste ano, e até então será exclusivo de administradores. Ou seja, somente os donos dos grupos poderão definir um tempo para que os conteúdos sejam apagados pelo próprio app. No entanto, não há muitas opções de customização – por exemplo, seria possível delimitar o tempo para uma mensagem ser apagada em uma hora, um dia, uma semana, um mês ou daqui um ano após serem enviadas.

whatsapp

Outra característica é que os administradores não poderiam selecionar quais mensagens serão apagadas, o que significa que os textos enviados pelos próprios administradores também entrariam nessa leva. Para ativar a autodestruição, haverá uma opção dentro das configurações do WhatsApp.

Ainda não se sabe quando o recurso de mensagens que se autodestroem será lançado no mensageiro do Facebook. Pode ser que a função fique apenas em caráter experimental, uma vez que é natural as empresas testarem funcionalidades antes de disponibilizá-las aos usuários finais – isso quando chegam a todos os utilizadores. Vale destacar que o Telegram já possui um recurso semelhante há algum tempo na opção de chats secretos.

Fonte: WABetaInfo

Relacionadas

WhatsApp deve permitir uso de conta em mais de um smartphone

A informação foi encontrada na versão beta do WhatsApp

WhatsApp agora perguntará se o usuário quer ser adicionado a um grupo

Pode ser o fim dos grupos aleatórios entre suas mensagens

WhatsApp pode estar consumindo 40% da bateria do seu celular

iPhones são os mais afetados pelo problema

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site