YouTube Originals terá conteúdos gravados no Brasil e acesso gratuito

Além disso, site de vídeos revelou dados comportamentais dos brasileiros, que já não assistem mais tanto a TV tradicional

Foto:
http://pcworld.com.br/youtube-originals-tera-conteudos-gravados-no-brasil-e-acesso-gratuito/
Clique para copiar

A última terça-feira (24) foi um dia de muitas novidades para o YouTube. Você pode escolher ler sobre os primeiros YouTube Originals produzidos no Brasil, ou sobre os dados da enorme quantidade de conteúdo consumido na plataforma e até mesmo sobre a chegada do YouTube Works Awards, e decidir qual notícia é mais interessante. Mas vamos aos fatos.

YouTube Originals

Durante a quinta edição do YouTube Brandcast nacional, que aconteceu em São Paulo, a plataforma anunciou os seis primeiros YouTube Originals produzidos no país. Alguns dos criadores mais populares estão entre os nomes que protagonizarão as séries, sendo eles: Whindersson Nunes, os comediantes do Porta dos Fundos, os craques do Desimpedidos, Nathalia Arcuri, a dupla do Manual do Mundo e a produtora Los Bragas.

Já em 3 de outubro, o primeiro a estrear é, justamente, Whindersson em Próxima Parada, uma série documental de oito episódios que mostrará o influencer em viagens por diversos países para explorar novas culturas ao lado de alguns amigos e celebridades, tanto nacionais quanto internacionais.

Em seguida vem o canal Porta dos Fundos estrelando O Novo Futuro Ex-Ator do Porta, acompanhado pelos Desimpedidos em Fred Be a Pro, Nathalia Arcuri em One Billion Woman World Tour – spoiler: mulheres com fortunas que somam mais de US$ 1 bilhão –, Manual do Mundo com uma série de experimentos gigantes em espaços públicos e Los Bragas com um documentário sobre esportes de rua. O melhor é que não precisa ser assinante do YouTube Premium para ter acesso a esse conteúdo, entretanto, quem utiliza a conta gratuita enfrentará alguns anúncios no decorrer das produções.

YouTube Works Awards

Além dos novos YouTube Originals, a plataforma anunciou, também, a primeira edição do YouTube Works Awards no Brasil, o prêmio que celebra marcas e agências que estão por trás das campanhas publicitárias mais criativas e eficientes veiculadas na plataforma. Agências de publicidade de todo o país podem participar, basta efetuar o cadastro nas inscrições que serão abertas no final de 2019.

O YouTube Works Awards é realizado em colaboração com a Kantar, consultoria global de análise de mercado, e já acontece em países como Estados Unidos e Inglaterra. No Brasil, o prêmio vai selecionar os melhores trabalhos publicitários em sete categorias diferentes – Data Driven Insight, Best Work With Creators, Buzzworthy, Creative Effectiveness, Media Strategy, Best at Leveraging YouTube – Grand Play e Visibility & Inclusion – de acordo com a avaliação de um júri composto por profissionais com grande experiência na área, para trazer perspectivas diversas sobre criatividade, marketing e mídia.

Brasileiros têm assistido menos TV

E por último, a notícia de que o brasileiro passou a consumir mais vídeo online do que conteúdo da TV aberta. Para se ter uma ideia, segundo a sexta edição da pesquisa Video Viewers, o consumo de vídeo na web cresceu 165% no Brasil nos últimos cinco anos, enquanto o de programação da TV cresceu 24% no mesmo período.

Considerando as respostas dos entrevistados sobre o que eles assistiram no período imediatamente anterior à pesquisa, o YouTube teve a maior participação nos vídeos assistidos – em 2018, estava em segundo lugar, atrás apenas da TV Globo. Além disso, o estudo mostra que 9% dos brasileiros já não acompanham a programação da TV.

Isso acontece porque a maioria das pessoas que assistem a vídeos na web (80%) afirmam que estão à procura de conteúdos que a programação da TV não oferece. Por isso que, quando ligam a smart TV, acessam vídeos no YouTube, a plataforma considerada por 95% dos entrevistados como o lugar preferido para encontrar uma grande variedade de produtos audiovisuais.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site