Home > Notícias

1 milhão de pessoas pedem fim da tarifa básica de telefonia

Projeto de lei que acabava com a cobrança foi o principal alvo de ligações para a linha gratuita da Câmara dos Deputados desde a sua criação.

Por Redação do Computerworld

22/01/2008 às 14h34

telefone_tarifa_150.jpg
Foto:

telefone_tarifa_150O projeto de lei 5476/01, que acaba com a cobrança da tarifa básica de telefone, foi o principal alvo de ligações para o serviço 0800 da Câmara. De acordo com a chefe da Central de Comunicação Interativa da Câmara, Fátima Novais de Sousa, desde 2004 houve 1.177.345 (66% do total) telefonemas de apoio ao projeto, sendo que 257.729 só no ano passado.

Leia mais:

Em 2007, o serviço Disque-Câmara realizou 539.136 atendimentos, tanto pela linha gratuita (0800.619619) como por mensagem eletrônica (link no portal www.camara.gov.br).

Segundo Fátima Novais, do total dos atendimentos diretos, cerca de 70% referem-se a opiniões de cidadãos favoráveis ou contrárias a proposições que tramitam na Casa. Ela explica que os principais assuntos tratados refletem os debates no Congresso e o noticiário político.

Em 2007, foram 986 ligações contrárias ao aumento salarial dos deputados; 702 reclamações de envolvimento de políticos com corrupção; 346 sobre o caso Renan Calheiros; 453 sobre a crise aérea; 306 sobre o desabamento na obra do metrô de São Paulo; 153 manifestações e consultas sobre fidelidade partidária; e 90 contrárias à reforma dos apartamentos funcionais da Câmara.

O debate sobre o reajuste dos deputados fez com que o número de mensagens encaminhadas via e-mail saltasse de 3.810, registrado em novembro de 2006, para 17.155 em dezembro daquele ano.

++++

Consultas
As pessoas ligam também para solicitar informações sobre atividades da Casa: debates e votações, atuação do parlamentar, inscrição em eventos e tramitação das proposições.

Foram 34.904 consultas sobre projetos de lei. Também foram alvo de muitas chamadas a reforma do funcionalismo público, o crescimento da violência urbana e reclamações contra a prorrogação da CPMF.

Em geral, os atendentes prestam diretamente as informações solicitadas, mas, quando necessário, encaminham para os setores responsáveis para que concluam o atendimento. "Para garantir qualidade no atendimento, a Câmara promove cursos de capacitação em processo legislativo para todos os funcionários que fazem atendimento e monitora as gravações das conversas para eventuais correções", diz Fátima.

Deputados mais requisitados
As reclamações e sugestões são encaminhadas aos parlamentares de acordo com a indicação do usuário do serviço. Em geral, os usuários pedem que suas mensagens sejam encaminhadas a todos os deputados ou para as bancadas de seus estados. Muitas, no entanto, são dirigidas exclusivamente a um deputado específico por seus eleitores.

Os deputados que mais receberam mensagens exclusivas via telefone em 2007 foram Arlindo Chinaglia, presidente da Câmara, com 1.366 mensagens; Celso Russomanno (PP-SP), com 379; Gonzaga Patriota (PSB-PE), com 183; Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), com 161; Clodovil Hernandes (PR-SP), com 142; Fernando Gabeira (PV-RJ), com 134; Aldo Rebelo (PCdoB-SP), 132; Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM-BA), com 131; Michel Temer (PMDB-SP), com 109; Ciro Gomes (PSB-CE), 104; Inocêncio Oliveira (PR-PE), com 98; e Chico Alencar (Psol-RJ), com 90.

A grande maioria das ligações tem origem na região Sudeste, com 55,59%, seguida da região Nordeste (16,89%), Sul (16,13%), Centro Oeste (8,26%) e Norte (3,14%). São Paulo é o estado com maior número de ligações identificadas, com 95.691 ocorrências.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail