Home > Notícias

“Password” continua sendo a pior senha que você pode usar

Lista com as 25 senhas mais usadas na internet dá um bom exemplo de combinações que você nunca deve escolher.

Jared Newman, PCWorld EUA

18/12/2012 às 12h28

Foto:

Embora o mundo da tecnologia esteja em perpétua mudança, uma coisa continua a mesma: muita gente ainda usa senhas horríveis. A Splashdata, empresa que desenvolve software de segurança, divulgou recentemente a sua lista anual com as 25 senhas mais comuns usadas em sites e serviços na internet. Vejam só:

  1. password
  2. 123456
  3. 12345678
  4. abc123
  5. qwerty
  6. monkey
  7. letmein
  8. dragon
  9. 111111
  10. baseball
  11. iloveyou
  12. trustno1
  13. 1234567
  14. sunshine
  15. master
  16. 123123
  17. welcome
  18. shadow
  19. ashley
  20. football
  21. jesus
  22. michael
  23. ninja
  24. mustang
  25. password1

Estas senhas foram obtidas analisando listas publicadas por hackers na internet. A Splashdata lembra que em 2012 houve uma série de falhas de segurança que vitimaram grandes empresas como a eHarmony, Last.fm, LinkedIn e Yahoo. Segundo a empresa, suas listas são lançadas para chamar a atenção para o problema das senhas ruins.

Reforçando a segurança

Novamente “password”, “123456” e “12345678” são as senhas mais populares, em ordem. Além de senhas que provocam vergonha alheia como “abc123” e “qwerty”, a lista desde ano traz de volta itens bizarros do ano passado como “monkey”, “baseball” e “shadow”. E alguns dos novos itens, como “jesus”, “ninja” e “mustang” são igualmente inexplicáveis. 

Talvez seja encorajador notar que “password1” entrou na lista (na 25ª posição) neste ano, e isso talvez seja um sinal de que as pessoas estejam aprendendo que uma combinação de letras e números é o segredo para uma senha forte. Agora elas só precisam aprender a não escolher as opções mais óbvias de cada lado.

Como já dissemos, uma senha forte contém todos os tipos de letras, números e símbolos. Use frases simples, separadas por um traço inferior (_ ou “underscore”), se estiver preocupado em não conseguir memorizar uma sequência longa. Novamente, tente não reutilizar sua senha, especialmente as que protegem contas sensíveis como a do banco ou e-mail. 

E se tudo isso parece trabalhoso demais, você sempre pode pedir ajuda a softwares e serviços como o LastPass, KeePass e Norton Identity Safe, entre outros. Você também pode configurar a autenticação em dois passos em serviços como o Facebook ou o Google. Como alguns sites permitem que você use sua conta do Facebook ou Google para se logar, reforçar a segurança neles irá ter efeitos mais amplos.

Mas o mais importante é seguir o imortal conselho de Mel Brooks: nunca use o tipo de senha que um idiota colocaria em sua maleta!

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail