3 motivos para programar em C# e como entrar no mercado de trabalho

Linguagem é uma das mais populares e com alta demanda em todo o mundo

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/3-motivos-para-programar-em-c-e-como-entrar-no-mercado-de-trabalho/
Clique para copiar

Até quem não trabalha no mercado de Tecnologia da Informação (TI) sabe: o número de empregos nessa área só tende a aumentar nos próximos anos, mas o número de profissionais qualificados continuará reduzido.E quem está interessado em ingressar no setor, talvez se sinta um tanto perdido pela quantidade de linguagens de programação para aprender. Obviamente, vai de cada um escolher aquela que proporcionar a melhor experiência, mas quem estiver em dúvida, temos uma indicação.

A C# (lê-se: C-Sharp) é uma linguagem desenvolvida pela Microsoft e faz parte da plataforma .NET, lá no início dos anos 2000. Ela foi criada do zero, mas leva elementos da C++, Pascal e Java, e tinha por objetivo inicial substituir o Java, que não tinha boa compatibilidade com as bibliotecas de código nativo que já existiam. De lá para cá, a Microsoft foi aprimorando a linguagem, se baseando principalmente nas falhas e qualidades de cada uma das outras linguagens.

São muitos os motivos para começar a programar em C#. Abaixo, listamos três razões que podem fazer você se interessar primeiro por esse tipo de linguagem, e com isso conseguir uma vaga do mercado de trabalho.

1. Fácil de aprender

A linguagem C# tem entre suas principais características a facilidade de ensino e aprendizado. E isso vale tanto para familiarizados com o assunto – quem já mexe com Java ou JavaScript com certeza vai notar as similaridades – quanto para quem nunca mexeu em códigos. Acredite: começar a programar pode parecer um bicho de sete cabeças, mas a linguagem C# é uma das opções mais viáveis para iniciantes.

2. Está em constante evolução

Comentamos acima que a linguagem C# foi desenvolvida a partir C++ e trouxe consigo elementos das linguagens Pascal e Java. A ideia da Microsoft era criar uma alternativa ao Java, mas a verdade é que se tornou algo muito maior que isso: uma linguagem adaptável, praticamente juntando tudo o que há de melhor em cada uma das outras linguagens.

Conforme os anos foram passando, a Microsoft adicionou inúmeras melhorias e recursos à linguagem, entre elas Generics, LINQ, asycn/await e MVC. Com o advento do .NET Core, como uma plataforma open-source, que inclui o C# e a ASP .NET Core, os desenvolvedores puderam trabalhar e desenvolver para Windows , Mac e Linux. Por ter esse fator mutável, a linguagem é considerada uma das mais modernas disponíveis para simpatizantes e profissionais já inseridos no mercado.

3. Compatível com várias plataformas

Além de ser adaptável, a linguagem C# se destaca pela sua versatilidade. Com ela, é possível escrever e criar aplicações desktop, web, serviços backend e aplicações mobiles multiplataformas. Por exemplo, as aplicações web criadas com ASP .NET Core, que também é open-source, usam o BootStrap e se integram facilmente a bibliotecas do lado do cliente como Angular, React e Vue. Além disso, há suporte ao Microsoft Azure.

Leia na IT Trends:

programação

Mercado de trabalho

Segundo o desenvolvedor Luiz Duarte, do site LuizTools, Java e C# são as duas linguagens de programação mais populares e requisitadas por empresas no mundo. Elas também oferecem a melhor média salarial no mercado de trabalho. A dica do desenvolvedor é escolher apenas uma, pois se focar nas duas demanda um tempo que pode prejudicar o trabalho e aprendizado como um todo. “Já programei as duas linguagens e embora cada uma tenha seus pontos fortes optei pela linguagem C#, que me deu um retorno financeiro mais rápido”, afirma.

Outra dica que o desenvolvedor fornece é a utilização de um Ambiente Integrado de Desenvolvimento (IDE), sendo o Microsoft Visual Studio a opção mais recente (e viável) para isso. Há uma opção mais leve, chamada Visual Studio Code, ou ainda o Dream Spark, um programa da Microsoft voltado para estudantes – neste caso, você precisa confirmar seu vínculo estudantil para baixar as ferramentas. Por fim, é preciso de um servidor de banco de dados, como o Microsoft SQL Server Express, que é gratuito.

Com os softwares em mãos, o recomendado é buscar instrução profissional ou por conta própria. Entre os sites sugeridos estão:

Curso online de C# e ASP.NET na Rede IT Trends

Com o curso online C# e ASP.NET – Criando um Aplicativo Client/Server produzido pela Impacta você aprenderá a criar um sistema de controle de contas a pagar e receber, aplicável ao gerenciamento financeiro pessoal e corporativo. Com a linguagem de programação C# e os recursos oferecidos pelo ASP.NET, verá como criar a interface e as camadas do aplicativo, assim como o banco de dados e stored procedures necessários para o sistema, garantindo a segurança do seu app utilizando cookies e criptografia de dados.

Fontes: IT Trends, Info Escola, Blog Impacta, LuizTools, 3way, Macoratti.net

Relacionadas

Google e Udacity oferecem cursos gratuitos sobre TI e Android

Módulos podem ser acessados por qualquer pessoa, em qualquer hora do dia

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site