40% dos roteadores no Brasil possuem vulnerabilidades de segurança

Estudo da Avast constatou alguns dos dispositivos conectados que mais apresentam brechas nos lares brasileiros, entre eles impressoras e câmeras

Foto: Shutterstock
https://pcworld.com.br/40-dos-roteadores-no-brasil-possuem-vulnerabilidades-de-seguranca/
Clique para copiar

A Avast divulgou nesta quarta-feira (27) um relatório sobre segurança digital que constatou como os dispositivos de Internet das Coisas (IoT) estão vulneráveis dentro das casas. De acordo com o relatório, 45% das residências inteligentes no Brasil têm mais de cinco aparelhos conectados, sendo que 44.89% desses lares contém pelo menos um produto vulnerável. Isso, segundo a empresa, coloca toda a rede doméstica em risco de ataques cibernéticos.

A maioria (69%) dos dispositivos residenciais vulneráveis no Brasil foi descoberta devido às suas credenciais fracas, como senhas ou o uso de um único fator de autenticação. Já os outros gadgets (31%) tornaram-se vulneráveis por falta de execução de patches.

A Avast escaneou 11 milhões de roteadores em todo o mundo e constatou que mais da metade (59.7%) possui credenciais fracas ou vulnerabilidades de software. Uma varredura em mais de 2 milhões de redes em casas inteligentes de brasileiros revelou que 66% dos roteadores domésticos no Brasil estão vulneráveis. O software desatualizado costuma ser o elo mais fraco da cadeia de segurança, sendo uma porta de fácil acesso para os cibercriminosos, que miram os dispositivos vulneráveis conectados à rede.

De acordo com a Avast, as impressoras são os aparelhos mais suscetíveis a invasões, com 32.9% das vulnerabilidades. Hubs de conexão, como pontos e roteadores Wi-Fi, aparecem no segundo lugar, com 28.9%, seguidos por câmeras de segurança (20.8%), NAT (7.8%) e set-tops boxes, como Chromecasts (5.3%). No Brasil, a ordem se inverte em algumas posições: o primeiro lugar é dominado por dispositivos de rede (40.6%), seguidos por câmeras de segurança (26.7%), impressoras (19.1%), set-top boxes (8.7%) e TVs (2.4%).

Metodologia

Os dados da pesquisa da Avast contém informações de mais de 16 milhões de redes domésticas inteligentes do mundo todo, incluindo dados de mais de 2 milhões de redes de casas inteligentes do Brasil. Outros países também foram verificados, totalizando 56 milhões de dispositivos verificados.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site