Home > Dicas

5 dicas essenciais para o Google Chrome

Com alguns pequenos ajustes, o dia-a-dia com o navegador da Google pode ficar mais prático e ágil. Saiba como.

Bill Snyder, CIO Insider

20/09/2010 às 17h47

Foto:

Talvez o IE9, que ainda está em desenvolvimento, acabe se tornando o melhor navegador de todos os tempos. E o Mozilla Firefox está ficando melhor a cada versão - e eu quero mesmo, de coração, apoiar o modelo de desenvolvimento Open Source que está fazendo a Microsoft correr atrás do prejuízo. Mas por enquanto eu continuo com o Chrome 6 porque é “limpo”, tem uma interface sem frescuras desnecessárias e, além de tudo, sua velocidade e estabilidade tornam a navegação na web o mais fácil e agradável possível.

Falando na velocidade: a maioria dos reviews que li dizem que o Chrome não é necessariamente mais rápido que seus concorrentes. Mas posso afirmar por experiência própria que é. Isso pode ter algo a ver com detalhes da configuração de minha máquina ou de outros softwares que uso, mas e daí? Estou muito satisfeito com o navegador da Google, e por causa disso começei a procurar atalhos e truques para torná-lo ainda melhor.

Claro, há muita informação espalhada pela web, mas não custa nada centralizar o que há de melhor. Veja a seguir cinco dicas testadas do Chrome OS que todo usuário deve conhecer.

1. Personalize as páginas iniciais

Todos os navegadores permitem escolher a página inicial, mas o Chrome vai além ao permitir que você selecione múltiplas páginas que serão carregadas a cada vez que o navegador for aberto. Clique no ícone da chave-inglesa no canto superior direito da janela do navegador, selecione “Opções”, “Básicas” e marque a opção que diz “Abrir as seguintes páginas”. Clique no botão Adicionar e surgirá uma janela com uma lista de sites recentemente visitados. Escolha os que quer abrir automaticamente, ou digite o endereço de seu site favorito, clique em Adicionar e pronto.

2. Mude o mecanismo de busca padrão, ou adicione um novo

O Chrome já vem com suporte a vários mecanismos de busca populares além do Google, entre eles o Bing, Yahoo! Brasil e UOL Busca. Para usar um deles, clique no ícone da chave inglesa, depois em “Opções”, selecione a aba “Básicas” e no campo “Pesquisa Padrão” clique no botão “Gerenciar”. Selecione o mecanismo de busca que deseja usar como padrão e clique no botão “Tornar Padrão”.

Adicionar um novo mecanismo de busca a essa lista é só um pouquinho mais difícil. Digamos que você faz pesquisas na Wikipedia (pt.wikipedia.org) regularmente. Nesse caso você pode fazer o seguinte: acesse o site da Wikipedia e, usando a caixa de buscas no site, faça uma busca por qualquer coisa. Com isso o Chrome vai “aprender” como funcionam as buscas na Wikipedia.

A partir daí as buscas seguintes ficam mais fáceis. Digite o começo do endereço do site (ex: “pt.wi”) na barra de endereços e tecle Tab. Você vai ver que a barra de endereços do navegador mostra a frase “Pesquisar em Wikipedia (pt):”. basta digitar um termo e teclar Enter para ver os resultados. Funciona em qualquer site no qual você já tenha feito uma busca: Wikipedia, YouTube, IMDB, até mesmo nos seus blogs favoritos.

Estes novos mecanismos de busca também ficam imediatamente disponíveis para uso como mecanismo padrão, lá na janela de opções.

3. Restaure e alterne entre abas

É incômodo fechar uma página por acidente e em seguida descobrir que você não sabe como voltar a ela. Mas com o Chrome isso é fácil: basta teclar a combinação Ctrl+Shift+T. É possível reabrir até as últimas 10 abas fechadas.

E para alternar entre várias abas abertas, como no Firefox, segure Ctrl e tecle Tab para alternar da esquerda para a direita, e Shift+Ctrl+Tab para alternar da direita para a esquerda.

4. Prenda uma aba no lugar

Barras de favoritos podem ficar entulhadas facilmente, e abas podem acabar saindo de vista se você tiver várias delas abertas ao mesmo tempo. Mas o Chrome tem um truque inteligente para manter as coisas à vista: você pode “prender” uma aba no lugar, transformando-a em um pequeno ícone que representa a página.

Para fazer isso, clique com o botão direito do mouse sobre a aba que deseja prender e escolha a opção “Marcar guia”. Ela será reduzida a um único ícone e movida para o canto esquerdo da janela do navegador, sempre visível. Para desfazer a operação, clique novamente com o botão direito na aba e escolha “Tirar guia”. 

5. Controle o consumo de memória do Chrome

Quando o Chrome fica lento, uma solução é fechar todas as abas, menos uma, e depois reabrí-las (usando o truque do Ctrl+Shift+T repetidamente). Uma técnica mais elaborada envolve o uso do gerenciador de tarefas do navegador: pressione Shift+Esc para fazer ele aparecer. Olhe o campo “Memória Privada” para ver quais abas estão consumindo mais memória e selecione-as na lista e clique em “Encerrar Processo”. 

Também é possível ir mais a fundo abrindo uma nova aba e digitando “about:memory” (sem as aspas) na barra de endereços. Isso mostra não só o consumo de memória do Chrome, como também de outros navegadores (IE, Safari, Firefox) que também estejam rodando em sua máquina.

Agradecemos a FilterJoe.com e Nepkos.com por algumas das dicas aqui mostradas

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail