Home > Notícias

5 dicas para blindar smartphones e tablets

Segundo o executivo da Módulo, especializado em Segurança da Informação, Leandro De Bom, mesmos cuidados com os PCs devem ser usados em dispositivos móveis.

Redação da Computerworld

23/03/2011 às 15h11

Foto:

Estudo recente da consultoria Deloitte aponta que o crescimento vertiginoso do uso de dispositivos móveis é uma das tendências para os próximos 12 a 18 meses. A massificação do uso de aparelhos como smartphones e tablets traz um desafio: a segurança. Para Leandro De Bom, especialista de Segurança da Informação da Módulo, empresa que atua nessa área, os mesmos cuidados que os usuários têm com o PC devem ser aplicados em smartphones e tablets.

O executivo lista cinco dicas fundamentais para evitar que esses aparelhos sejam infectados por vírus.

1) Não modifique o sistema
Evite os procedimentos de desbloqueios não-oficiais, como o Jail Break do iPhone e versões modificadas de firmware (sistema operacional do smartphone ou tablet). Além de causarem perda da garantia, as alterações podem incluir vírus ou programas que permitem o controle remoto do aparelho.

2) Cuidado com o Bluetooth
Só habilite a função Bluetooth durante o período em que o recurso for utilizado. Altere a identificação e a senha configuradas como padrão pelo aparelho. Já foram descobertas falhas em alguns aparelhos que permitem o roubo de dados e envio de arquivos sem autorização. Atenção para o uso de senhas padrões que facilitam o acesso de hackers. Elas são as primeiras a serem tentadas.

3) Instale aplicativos confiáveis
Procure instalar aplicativos a partir de fontes confiáveis em sites oficiais dos fabricantes como a iTunes Store, para o iPhone, e o Android Market para dispositivos que utilizam Android. Todos os sistemas possuem uma lista oficial de softwares confiáveis. O aplicativo pode, uma vez instalado, acessar informações importantes do telefone, efetuar chamadas e enviar dados por meio da internet. Por isso, é muito importante instalar somente aplicativos nos quais você confie, de preferência por indicação de alguém que já seja usuário.

4) Navegue de forma segura
Mantenha o mesmo nível de segurança do seu desktop ou notebook ao navegar na web. Evite sites que você também não acessaria a partir do computador pessoal. Sites com vírus podem ser preparados para infectar somente smartphones. Durante o acesso, é possível identificar qual é o tipo de aparelho do visitante e tentar ataques específicos para cada tipo de equipamento.

5) Use senha para bloquear o teclado
Poucos minutos longe do smartphone ou tablet já são suficientes para o acesso a dados importantes ou instalação de programas maliciosos. Além disso, caso você perca o aparelho ou ele seja roubado, a lista de contatos não será utilizada para o golpe do sequestro falso.  A segurança física é tão importante quanto a tecnológica.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail