Home > Notícias

5 dicas para evitar a invasão de suas contas na internet

Todos estamos sujeitos a ataques de crackers, mas podemos dificultá-los com a elaboração de senhas complexas e o monitoramento do saldo bancário.

CSO/US

21/12/2010 às 17h38

Foto:

Os alemães tem até uma palavra para isso: Schadenfreude, sentir prazer pela má sorte alheia. E eu tenho de admitir que senti certo deleite quando a Gawker, uma das maiores e mais convencidas redes de sites do mundo, sofreu um ataque hacker. Ao mesmo tempo, no entanto, me preocupei com as mais de 1,2 milhão de pessoas que tiveram suas senhas roubadas e compartilhadas na Internet.

Pelo menos, podemos ver esse tipo de incidente do mesmo modo que o presidente Obama costuma enxergá-los, como um “momento de aprendizado”. Aliás, por falar nele, duas das contas reveladas foram associadas com o domínio da Casa Branca, o whitehouse.gov.

De toda forma, eis algumas lições que podemos tirar do oportuno ataque à Gawker:

Não utilize a mesma senha para diversos sites
Se a pior coisa que acontecesse aos usuários da Gawker fosse se deparar com comentários feitos por outras pessoas a partir de suas contas, ninguém se importaria muito. O problema é que os invasores começaram a testar as senhas obtidas em diversos serviços, como redes sociais, e-mail ou internet banking. 

Mais grave ainda é descobrir o quão simples a maioria dos códigos são. O que nos leva à segunda lição.

Use senhas complexas
Com os dados em mãos, foi fácil descobrir qual o código mais usado pelos membros da Gawker: “123456”, brilhantemente formulado por 2516 internautas. Em seguida vem o “password”, e mais 2188 usuários. Nunca é tarde para lembrar que as melhores senhas contêm letras, maiúsculas e minúsculas, números e sinais gráficos.

Cheque sua conta bancária regularmente
Se alguma senha sua for descoberta e se você a usa também em sua conta de internet banking, o balanço ao final do mês não será nada agradável. Por mais que a maioria dos bancos e companhias de cartão de crédito notifique o cliente em caso de movimentação financeira inusitada, isso não é uma regra.

Não se esqueça também que alguns delinquentes em vez de sacar uma grande quantia, vão roubando de pouco em pouco, a fim de não serem descobertos. De 100 em 100 reais, o estrago também pode ser grande.

Gerenciadores de senha
Pessoalmente, gosto do Roboform, que funciona nos browser mais populares. Outra alternativa é o LastPass. Ao utilizar esse programas, no entanto, uma senha mestra se faz necessária; esta deverá ser muito forte, pois, uma vez descoberta, dará acesso a todas as outras.

A maioria dos navegadores também dispões de um gerenciador de códigos, mas, em geral, os recursos são bem limitados em comparação aos dois programas citados.

Cuidado com os computadores públicos
Ao usar o PC de um café ou de um hotel, jamais esqueça de dar logoff no serviço utilizado. É interessante fechar o navegador também, ou pelo nenos as abas abertas durante a navegação.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail