Home > Dicas

5 dicas para fotografar silhuetas dramáticas

Câmeras modernas fazem de tudo para evitar algumas das cenas mais clássicas da fotografia. Veja como retomar o controle.

Dave Johnson, PCWorld EUA

06/05/2011 às 17h02

Foto:

Como qualquer diretor de filmes de horror pode atestar, o que você não vê é às vezes mais assustador do que o que pode ser visto. Mas os fotógrafos preferem o fato de que muitas vezes o que está oculto é simplesmente dramático.

Essa é a idéia por trás das silhuetas, um dos elementos mais icônicos que você pode adicionar ao seu repertório, que chamam a atenção ao esconder detalhes por trás de sombras pretas como piche. Veja a seguir cinco dicas que você pode usar para produzir silhuetas melhores em suas fotos.

1. Prepare a cena

A idéia básica por trás de qualquer silhueta é que o objeto fotografado fica escuro e subexposto, em contraste com um fundo bastante iluminado. Ou seja, para obter o melhor resultado procure situações onde você possa tirar proveito de muito contraste.

silhueta-360px.jpg

O pôr-do-sol é um momento clássico para fotografar silhuetas
(Crédito: Wikimedia Commons)

O pôr-do-sol é um eterno favorito para silhuetas, mas se você se deitar no chão e apontar a câmera para cima pode obter resultados impressionantes ao enquadrar uma pessoa (ou objeto) contra o céu azul. Estas não são suas únicas opções: já vi belíssimas silhuetas fotografadas contra vitrais iluminados em igrejas, por exemplo.

2. Desligue o Flash

É crítico que o fundo da cena esteja bem exposto e queremos manter a luz longe do objeto a ser fotografado, então o flash da câmera tem que estar desligado. Se a sua câmera dispara o Flash automaticamente, consulte o manual para descobrir como desativá-lo.

3. Exponha o fundo

A maioria das câmeras digitais é bastante esperta e consegue expor muito bem uma imagem mesmo sob condições de iluminação extremas. E é exatamente isso que devemos evitar para capturar uma boa silhueta, desativando o controle automático de exposição.

Há algumas formas para fazer isso: se sua câmera tem um botão que permite “travar” a exposição aponte a lente para o fundo da cena, espere ela fazer a medição e aperte o botão. Mantenha-o apertado, enquadre a cena e bata a foto.

Outra opção é apontar a câmera para o fundo da cena com a câmera no modo automático e anotar os valores de f/stop e velocidade do obturador. Então coloque a câmera no modo manual, programe-a com os mesmos valores e bata a foto.

Faça o que fizer, nunca bata a foto no modo automático ou em “prioridade de abertura” (Apperture Priority ou Av em algumas câmeras), porque nesses modos a câmera irá ajustar a exposição fazendo uma média entre o fundo e o primeiro plano, e você não conseguirá capturar uma silhueta.

4. Mantenha o primeiro plano em foco

O foco é outra coisa a levar em conta ao fotografar uma silhueta. Dependendo de como você enquadra a cena e quais os ajustes de exposição usados sua câmera pode acidentalmente focar o fundo da cena. Mas para que a silhueta tenha um impacto dramático, ela precisa estar nítida.

Na maioria dos casos basta se certificar de que a câmera focou no objeto a ser fotografado antes de apertar o botão do obturador. E dê uma olhada no manual da câmera para saber se ao travar a exposição a câmera não trava também o foco. No pior dos casos, você terá de colocar a câmera no modo manual e ajustar o foco por conta própria.

5. Aperfeiçoe a silhueta no PC

Por fim, tenha em mente que é raro capturar uma silhueta perfeita usando apenas a lente da câmera. A maioria delas vai exigir um retoque em um programa de edição de imagens. O problema mais comum é uma silhueta que não está perfeitamente preta, com um pouco de cor ou detalhes ainda visíveis. 

silhueta_editor-360px.jpg

A ferramenta Burn pode ajudar a aprimorar os resultados

Corrija o problema usando a ferramenta Burn em um editor de imagens como o Photoshop. Ele é um pincel que escurece as áreas sob as quais é aplicado. Ajuste o tamanho do pincel, sua intensidade e aplique conforme necessário até obter o resultado desejado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail