Home > Notícias

5 motivos para aguardar ansiosamente o Windows 8

Tablets, uma nova interface, e a capacidade de carregar o sistema inteiro em seu bolso. Conheça alguns recursos do Windows 8 que nos deixam contando os dias até o lançamento

Tony Bradley, PCWorld EUA

05/01/2012 às 16h11

Foto:

2012 finalmente chegou! E embora a Microsoft ainda não tenha divulgado detalhes sobre a data de lançamento do Windows 8, todos os sinais apontam para algum momento ainda neste ano. Lá no fundo o Windows 8 ainda é um “Windows”, mas também traz grandes mudanças em relação às versões anteriores do sistema operacional.

O que podemos esperar do Windows 8? Há algum motivo para ficar animado com o que ele tem a oferecer? Vamos dar uma olhada em cinco recursos do novo sistema que podem mudar a forma como você lida com seu computador em 2012.

1. A “Ribbon” em todo lugar

A controversa Ribbon, substituta dos tradicionais menus e barras de ferramentas que estreou no Microsoft Office, está se espalhando e em breve tomará conta de todo o sistema operacional. Embora alguns usuários detestem a Ribbon e lamentem a perda dos menus muitos usuários já abraçaram a nova interface, que é mais flexível, personalizável e no geral mais útil.

win8_explorer_ribbon.jpg
Exemplo de uso do Ribbon: Windows Explorer no Windows 8

Sei que os menus são mais “confortáveis” porque são familiares, mas depois que você adota a Ribbon nota que ela realmente lhe ajuda a trabalhar de forma mais eficaz e eficiente. Gostei dela no Microsoft Office, e estou ansioso para vê-la no Windows 8.

2. Internet Explorer 10

A Microsoft não descansou: assim que o Internet Explorer 9 foi lançado, começaram a surgir detalhes sobre a próxima geração do navegador. Com o IE10 a Microsoft está redefinido seus limites: o IE9 só está disponível no Vista e Windows 7, deixando os usuários do XP e de versões anteriores do sistema de fora.

Mas o IE10 deixará o próprio Vista de fora e irá exigir pelo menos o Windows 7. A empresa se mantém firme em sua decisão, e insiste que apenas hardware e software modernos são capazes de atingir a experiência web a que almeja com o IE10. 

3. A Windows Store

A Microsoft se “inspirou” em rivais como a Apple a a Canonical (criadora da distribuição Linux Ubuntu) para criar uma loja de aplicativos online. Parte fundamental do novo sistema, a Windows Store será o único lugar onde os usuários poderão comprar aplicativos especialmente desenvolvidos para a nova interface “Metro”. Segundo a empresa isto irá aumentar a qualidade dos programas, e reduzir o potencial de bugs e malware.

4. Um sistema em um pendrive

Um dos meus recursos favoritos do Windows 8 até o momento é a capacidade de armazenar uma cópia inteira do sistema operacional em um pendrive. Você pode levar literalmente todo o seu ambiente, incluindo sistema, aplicativos e documentos, no bolso, e “dar boot” em qualquer PC que esteja disponível.

Isso poderá tornar as viagens a trabalho ou negócios muito mais fáceis. Você poderá, por exemplo, levar apenas um tablet para tarefas mais “leves” (e-mail, navegação web), e um pendrive com o sistema para usar em um PC qualquer quando chegar ao seu destino.

5. Tablets

Por último, mas não menos importante, temos os tablets. A partir da próxima versão o sistema da Microsoft também rodará em hardware baseado na arquitetura ARM, e poderá rodar tão bem em tablets quando em desktops e notebooks. De fato, a interface Metro e o comportamento do Windows 8 parecem ter sido feitos pensando especificamente no uso em aparelhos com telas sensíveis ao toque.

win8_start-360px.jpg
A tela inicial do Windows 8

O mercado de tablets é atualmente dominado pelo iPad 2, da Apple. O Kindle Fire da Amazon também fez muito sucesso, mas é mais voltado ao consumidor e não tão útil quanto um iPad como dispositivo móvel para negócios. Se o Windows 8 conseguir oferecer uma boa experiência de uso com um bom preço, os novos tablets podem ser um imenso sucesso.

Uma versão “beta” do Windows 8 deve estar disponível ao público nos próximos meses (a expectativa é fevereiro), mas não espero que o Windows 8 seja lançado antes do quarto trimestre deste ano, ou seja, Outubro. Talvez em Agosto ou Setembro se tivermos sorte. Mas pelo que vimos até agora, acreditamos que o sistema tem o que é necessário para se tornar um sucesso.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail