Home > Notícias

5 razões pelas quais a Apple lançará seu tablet em 2010

Analistas afirmam que a tecnologia necessária está finalmente pronta e ressaltam mercados como o de e-books, entre outros aspectos

Computerworld/EUA

04/01/2010 às 8h18

Foto:

O tão falado tablet da Apple chega em 2010, provavelmente ainda no primeiro semestre. Pelo menos é o que afirmam vários analistas da área de tecnologia e publicações, como o Financial Times. Mas por que agora? Esse tipo de equipamento não é uma ideia nova. A Apple, mesmo, tenta criar algo nessa linha desde 1993, com o Newton, PDA que não deu certo. E a Microsoft tem investido esforços na divulgação de equipamentos que inserem dados via caneta stylus desde a década de 1990.

Consultamos analistas especializados em Apple para saber por que lançar esse tipo de dispositivo faz sentido agora.

A tecnologia está finalmente pronta – “Todas as tecnologias necessárias estão disponíveis”, afirma Ezra Gottheil, analista do Technology Business Research. “É possível incluir grandes telas sensíveis ao toque, processadores de baixo consumo... Os novos recursos finalmente atingiram um nível mais que adequado para o uso”, completa ela. Ela também cita melhorias na conectividade de Internet, apesar de afirmar que ainda não há banda larga suficiente para atender a demanda.

Os E-books ganham popularidade – Apesar de os analistas acreditarem que o tablet da Apple não chegou para brigar com o Kindle, não há como negar que ele também funcionará como um leitor de livros eletrônicos.

"Com o sucesso do Kindle, da Amazon, o mercado de  leitores de livros eletrônicos torna-se mais atraente”, afirma Brian Marshall, da Broadpoint AmTech, que destaca o fato de que a loja online vendeu mais livros eletrônicos no Natal do que livros tradicionais.  “A Apple quer um pedaço desse mercado”, afirma ele.

Dinheiro, muito dinheiro – Claro que a Apple adora fazer dinheiro. "Um tablet irá acrescentar entre 1 bilhão e 5 bilhões de dólares em receita no ano”, calcula Gotheil, da Technology Business Research.

Tablets são legais e divertidos, ao contrário dos computadores – Gottheil também destaca o aspecto da inovação. “É muito mais interessante para a Apple criar um dispositivo como o iPhone que fazer mais um Mac”, explica. Segundo ela, os Macs são computadores (um tipo de equipamento tradicional). De acordo com a analista, para uma empresa como a Apple “que gosta de equipamentos descolados, com interface e design clean”, é preciso inovar.

Ampliar e conquistar – O tablet será uma nova arma para a Apple ampliar e conquistar o mercado mundial.  “Esse tipo de equipamento fará com que as empresas de conteúdo se foquem na Apple. E a empresa também deve ser a primeira a integrar o escritório doméstico com a sala de estar, com uma Apple TV de verdade”, destaca Marshall, da Broadpoint AmTech.

Segundo ele, uma Apple TV “de verdade” significa uma versão do aparelho atual com tela incluída – um equipamento que pode custar até 5 mil dólares. Mas esse já é um próximo passo, que só deve se tornar realidade em um ano ou dois.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail