Home > Notícias

6 recursos dos Macs que adoraríamos ver em PCs com Windows

Telas retina, central de mensagens, um design universal para carregadores de notebooks... não nos importaríamos se a Microsoft e fabricantes emprestassem da Apple algumas destas idéias.

Brad Chacos, PCWorld EUA

12/04/2013 às 18h46

Foto:

Vamos falar a verdade: os Macs tem alguns recursos bem legais, não? Calma, você não está na MacWorld! Lembre-se que Macs também são “PCs” (A sigla vem do inglês Personal Computer, ou Computador Pessoal) e, por mais que gostemos do Windows, temos que admitir que o sistema e as máquinas da Apple tem sim vários recursos de tirar fôlego que não tem equivalente nativo nas máquinas com o sistema da Microsoft.

Embora sozinhos eles não sejam o suficiente para levar os mais ferrenhos entusiastas do Windows a migrar para o lado da maçã, a Microsoft e os fabricantes de PCs fariam bem em, digamos, “pegar emprestados” alguns deles. Veja abaixo nossos favoritos.

1. Atualizações frequentes do sistema operacional

O mundo da tecnologia progride de forma tão rápida que se você piscar perde algo importante, e a velocidade vem aumentando nos poucos anos desde que os smartphones chegaram ao mercado. O tradicional ciclo de desenvolvimento com uma nova versão do Windows a cada três anos não é mais o suficiente. O iPad, Siri, Google Now, telas sensíveis ao toque em todo lugar, serviços de sincronia de informações com a nuvem e toneladas de outras tecnologias revolucionárias chegaram ao mercado no intervalo entre o lançamento do Windows 7 e Windows 8, o que faz com que a Microsoft esteja perpetuamente um passo atrás das concorrentes.

A Apple lança novas versões do Mac OS X em um ciclo quase anual. Felizmente, a Microsoft parece disposta a adotar a mesma idéia, anunciando recentemente sua intenção de migrar para um “ciclo de desenvolvimento contínuo”, com o Windows Blue, que “vazou” recentemente na Internet, sendo o primeiro de muitos upgrades anuais do Windows. Estamos com os dedos cruzados.

2. Notebooks com tela “retina”

Vocês já deviam imaginar que este item estaria na lista. Porque a incrível tela dos MacBook Pro ainda não chegou aos PCs? A Samsung mostrou um ultrabook da Série 9 com uma tela de 2560 x 1440 pixels durante a feira IFA 2012 em Berlin, no ano passado, mas na hora de lançar a máquina no mercado ela chegou equipada com uma bela, porém comum, tela Full HD (1080p). Sim, uma tela 1080p parece maravilhosa em um notebook com tela de 13 ou 15 polegadas, só não é tão maravilhosa quando uma tela Retina.

6recursosmac_retina-360px.jpg
Um MacBook Pro com tela retina. De perto, os pixels que formam a imagem são quase invisíveis

Não espere uma enxurrada de notebooks Windows equipados com telas Retina tão cedo. A alta resolução devora as baterias, o que é fatal em um dispositivo móvel. Além disso, seu preço alto limitaria a tecnologia a máquinas Premium, que são uma pequena porção do mercado total de máquinas com Windows. A Google colocou uma tela Retina em seu Chromebook Pixel, mas o preço sugerido de R$ 1.299 o coloca mais próximo da idéia de uma “máquina conceito” do que de um portátil para as massas. 

3. Messages

Das adições recentes ao Mac OS X, uma das mais úteis é a integração com o Messages, que permite que você envie mensagens para usuários do iPad, iPhone e iPod Touch a partir do desktop usando um serviço de mensagens da própria Apple. As operadoras não gostam da idéia, claro, já que perdem renda com mensagens SMS, mas os usuários a adoram, e seria um grande recurso no Windows.

Um serviço de comunicação integrado ao Windows reduziria as dores de cabeça associadas com a simples tarefa de iniciar uma conversa com seus amigos. A necessidade de lidar com múltiplas contas no AIM, GTalk, ICQ, Yahoo Messenger, Skype ou qualquer outro serviço que seus familiares e amigos podem ou não estar usando desapareceria. E também serviria para integrar melhor tablets com Windows 8 ou Windows RT e smartphones com o Windows Phone com os PCs.

6recursosmac_messages-360px.jpg
Messages: um sistema, múltiplos aparelhos

O curioso é que a Microsoft já tem a “espinha dorsal” de que necessita para criar um serviço similar ou ainda melhor: o Skype. Chamadas de Skype para Skype e mensagens entre os usuários são completamente gratuitas e funcionam perfeitamente entre várias plataformas, e já é possível integrar sua conta no Skype com sua Conta Microsoft. Não seria necessário muito mais para pré-instalar o Skype em todas as máquinas com Windows.

4. Central de Notificações

Outra invenção que veio do mundo da mobilidade e funciona maravilhosamente no desktop. A Central de Notificações no Mac OS X lhe mostra uma lista com todas as notificações recentes, sejam novos e-mails, mensagens ou avisos de novas versões de seus apps, garantindo que você nunca perca algo importante.

O Windows 8 mostra uma notificação no canto superior direito da tela sempre que algo novo acontece, mas ela desaparece em questão de segundos. Ou seja, é inútil se você não estiver olhando para a tela do computador na hora em que ela chega. Se você perder uma notificação, não verá nenhum aviso de que algo aconteceu enquanto estava longe.

6recursosmac_notificacoes-360px.jpg
Notificações no Mac OS X

Os blocos dinâmicos até servem como um arremedo de Central de Notificações, mas para ver as informações é necessário tomar a iniciativa de voltar à Tela Iniciar, e então ficar olhando para cada um dos bloquinhos, que mudam constantemente, até se certificar de que você já viu tudo o que eles tem a mostrar. Não preciso dizer que este sistema está longe do ideal, e é muito menos útil que a Central de Notificações no Mac OS X.

5. Um carregador universal

Algumas pessoas colecionam elefantinhos de porcelana ou lembranças de viagem. Eu coleciono notebooks. Não intencionalmente, é apenas um efeito colateral de escrever profissionalmente sobre computadores e coisas relacionadas a eles. Em uma prateleira aqui do meu lado tenho várias máquinas da ASUS, HP e Lenovo, e uma coisa sobre elas me deixa muito irritado.

Nenhum de seus carregadores é intercambiável. Não posso usar um carregador da HP em um notebook da ASUS, e vice-versa. Embora os carregadores proprietários façam sentido do ponto de vista dos negócios (como mais os fabricantes poderiam lucrar com substitutos quando você perde um?), são terrivelmente frustrantes do ponto de vista dos consumidores. Cada minuto que passo procurando por um carregador quando há outro bem aqui do meu lado é uma perda do pouco tempo que tenho neste planeta.

6recursosmac_magsafe-360px.jpg
Um carregador MagSafe. O mesmo design em vários notebooks

A Apple resolveu o problema com seus carregadores MagSafe. Há algumas limitações técnicas: o carregador de 85W de um MacBook Pro irá carregar um MacBook Air muito mais rapidamente do que o carregador de 45W de um MacBook Air irá carregar um MacBook Pro, mas o design intercambiável permite que eu use o mesmo carregador em qualquer um dos notebooks.

A Apple saiu um pouco da linha com o lançamento de uma nova versão do carregador, chamada MagSafe 2, em sua linha 2012 de notebooks. Ainda assim, é possível comprar um pequeno adaptador para usar um carregador MagSafe mais antigo em um notebook novo que originalmente usa um modelo MagSafe 2. Porque não conseguimos esse tipo de cooperação no mundo Windows?

6. Sincronia de documentos via iCloud

Se você faz login em um PC com o Windows 8 usando uma conta da Microsoft, tem a opção de sincronizar várias configurações entre múltiplos PCs, e o Windows Blue sugere que mais opções de sincronização estão a caminho. Ainda assim, é surpreendente que o super-conectado mundo do Windows não tenha um dos recursos chave do iCloud: sincronização de documentos e notas.

Você pode criar uma alternataiva, embora ela não vá ter a elegância do iCloud, que sincroniza automaticamente qualquer documento com a “nuvem”. Usando o Office 365 (ou um outro editor de textos e o app para desktop do SkyDrive, que não vem pré-instalado com o Windows) é possivel salvar automaticamente seus documentos na nuvem, tornando-os disponíveis em qualquer PC com o SkyDrive instalado. Mas você precisa instalar software (SkyDrive e Office) e configurá-lo em cada PC onde desejar usar este recurso. É uma solução menos “transparente” que o iCloud, e algo no qual os usuários comuns sequer pensariam.

Mas a Microsoft pode implementar um recurso similar ao iCloud em breve. “Nossos grupos de produto também estão adotando uma abordagem unificada para que as pessoas consigam o que querem: todos os seus aparelhos, apps e serviços trabalhando juntos onde quer que estejam e o que quer que estejam fazendo”, disse Frank X Shaw, Vice-Presidente de comunicação da Microsoft, em um post recente em um blog da empresa. O objetivo final é dar ao usuário a capacidade de se sentar em frente a qualquer PC ou aparelho com Windows e, após o login, simplesmente usá-lo como se fosse seu. Estamos esperando!

E você, tem algum recurso dos Macs (ou mesmo de outro sistema operacional) que gostaria de ver em PCs com Windows? Deixe sua opinião nos comentários aqui embaixo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail