Home > Dicas

7 dicas para usar melhor o gravador do iPhone

O recurso de gravação, incorporado com a versão 3.0 do sistema, permite criar lembretes ou mesmo capturar o áudio de reuniões. Saiba como usá-lo melhor

Daniel dos Santos, Macworld Brasil

10/11/2009 às 11h47

Foto:

Lembra onde deixou o carro no estacionamento? E como era mesmo aquele número de telefone que você viu na rua? O iPhone traz um recurso que pode ajudá-lo nesta e em outras situações: o aplicativo gravador. Incorporado com a versão 3.0 do sistema, ele permite gravar lembretes ou mesmo armazenar o áudio de uma reunião. Veja, a seguir, como explorar melhor suas funções.

Lembretes
Para que forçar sua memória? Ao estacionar seu carro no shopping, pegue o iPhone, toque na tela do aparelho, escolha o símbolo do microfone e pressione o botão vermelho. Aí é só dizer a localização (G1, L3, por exemplo) e, na hora de ir embora, abrir esse arquivo de lembrete. Quem preferir, pode apelar para o recurso de câmera e tirar uma foto.

Reuniões
O recurso vai além de arquivos de poucos segundos. É possível armazenar também o áudio de reuniões. Em nosso teste, o aparelho gravou cerca de 30 minutos, até encerrar a sessão. Mas, quando isso acontece, basta iniciar outro arquivo.

Agente secreto
Se você quer gravar algo de maneira sigilosa, basta acionar o gravador e pressionar o botão que fica no alto do iPhone. Isso deixa a tela escura, sem exibir o microfone.

gravador300
Gravador do iPhone: recurso permite editar os arquivos e enviá-los por e-mail


Multitarefa

Não é preciso deixar o aparelho quieto enquanto ele trabalha como gravador. Você pode, por exemplo, navegar na internet ou puxar e-mails enquanto utiliza essa função.
 
Compartilhe a gravação
O arquivo capturado não precisa ficar restrito ao seu aparelho. É possível enviá-lo por e-mail ou mensagem MMS. Para isso, na tela de gravações, clique em Compart. e escolha a opção de envio desejada. Aí é só preencher os campos e enviar.

Como lidar com arquivos grandes
O gravador não consegue enviar arquivos grandes por e-mail ou MMS. Nesse caso surge uma mensagem avisando isso. Para contornar esse problema, você pode enviar uma versão menor do arquivo ou conectar seu aparelho ao Mac ou PC e, com o uso do iTunes, sincronizar. Para isso, vá até o ícone do iPhone no iTunes, selecione a guia Música, marque incluir gravações e selecione Aplicar.

Editando a gravação
Depois de salvo o registro de áudio, você pode colocar uma etiqueta para facilitar a identificação e até mesmo definir o ponto inicial e final. Para fazer o corte do áudio, toque na seta azul no canto direito do arquivo e aperte Recortar. Uma linha do tempo será exibida para que você arraste a barra amarela e defina os pontos corretos. Cuidado ao fazer a edição, pois não há opção para desfazer a ação.

Em tempo: infelizmente, o gravador não serve para armazenar ligações telefônicas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail