Home > Dicas

A vida com o iPad: cinco coisas que fazem falta no tablet

Limitação de memória, falta de porta USB e ausência de câmera são alguns pontos que tornam o uso diário do equipamento menos abrangente

PC World / EUA

03/05/2010 às 12h04

Foto:

Depois de vários testes e reviews feitos com o iPad, vimos que ele é um dispositivo fino, leve, com tela brilhante e mais rápido que um notebook (em algumas tarefas). E o número de consumidores que querem comprá-lo não para de aumentar. Em menos de um mês a Apple já anuncia um milhão de iPads vendidos.

Mas não é um produto perfeito. Veja abaixo cinco coisas que faltam para tornar o iPad útil em qualquer situação.

1. Armazenamento
O iPad – independentemente do modelo escolhido (16 GB, 32 GB ou 64 GB) – tem uma quantidade limitada de espaço para ser utilizado. Pode parecer muito para um player de MP3, mas é pouco para um computador. Se você começar a guarda arquivos como faz em seu desktop terá o disco cheio em pouco tempo.  Não há como expandi-la fisicamente. Isso sem falar que armazenar dados no próprio dispositivo pode não ser o mais adequado, afinal, além de perder espaço, você corre o risco de ter seu tablet perdido ou roubado.

Existem muitas opções gratuitas ou e baixo custo para armazenar arquivos na Internet, como Box.net, iWork.com, Google Docs, Windows Live SkyDrive, etc. E há vários outros gratuitos ou de baixo custo. 

ipad_300

iPad: armazenamento limitado

Funciona, mas a Apple, que orgulha-se em ter uma interface intuitiva para uma excelente experiência de usuário, não oferece um acesso simples para esse tipo de tarefa. É possível ver o arquivo no Box.net, mas, para trabalhar com ele no Pages ou Number, é preciso enviá-lo por e-mail para você mesmo, abrir o arquivo anexado e então tocar no botão no lado direito da tela para abrir o programa no aplicativo adequado.

Não armazenar no iPad é o ideal, mas o mundo na "nuvem" também não é fácil.

 

2. Links embutidos
No iPad, você não pode inserir um link em palavra ou textos no iWork. Para alguns, talvez seja insignificante, mas para outros que costumam escrever textos para a Internet, por exemplo, é  uma das deficiências mais gritantes.

3. Câmera
Admitimos que possa parecer engraçado segurar um iPad para bater fotos. A maioria das pessoas não costuma carregar câmeras do tamanho de revistas na mochila. Mesmo assim, muitos ficaram chocados com a falta de uma câmera embutida na primeira edição do iPad.

Espera-se que na próxima versão do produto, a Apple inclua uma câmera frontal para ser usada na gravação de mensagens de vídeo ou abrir uma chamada de videoconferência via Skype.

4. USB
Da mesma forma que o iPad não pode ganhar mais espaço para armazenamento (veja o primeiro tópico), não há como conectar um pendrive para troca de arquivos. Podemos usar o armazenamento online, mas há situações que um colega traz alguma foto ou arquivo pessoal no pendrive para compartilhar via USB.

O iPad precisa de uma porta USB, e deve oferecer um mecanismo para visualizar, abrir e transferir o conteúdo de um pendrive.

5.Multitarefa
Apesar das reclamações da ausência de multitarefa no iPhone, vale pensar se ela é mesmo necessária no celular, pois a tela é pequena demais para aproveitar dois programas ao mesmo tempo nela, apesar de você poder usar esse recurso em aplicações em background. O iPad usa o mesmo sistema operacional, mas no tablet, multitarefa faz mais sentido.

Muitos aplicativos são programados para voltar de onde pararam quando encerrados da última vez (isso é quase multitarefa). Mas é preciso ir além. Assim é possível deixar um aplicativo de mensagens instantâneas aberto para ser alertado a qualquer momento sobre o recebimento de um recado sem ter de finalizar uma apresentação.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail