Home > Notícias

Abaixo assinado para salvar o Windows XP? Microsoft diz que não há

Site Neowin.net divulgou informação, com número do suporte da MS para usuários apelarem a favor do sistema operacional.

Computerworld/EUA

05/06/2008 às 10h54

Foto:

A Microsoft negou, na quarta-feira (04/06), que havia iniciado um tipo de abaixo-assinado para salvar o Windows XP, contrariando a afirmação do popular site de tecnologia Neowin.net.

Os usuários deveriam, segundo o site, ligar para o suporte telefônico da Microsoft, pedindo a extensão da venda do Windows XP. Os clientes começaram, então, a reclamar que não conseguiam falar com o suporte técnico por telefone.

O Neowin.net afirmava que, se houvesse reclamações suficientes, a Microsoft consideraria dar mais tempo de vida ao XP. O site listou telefones de suporte dos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá. A Microsoft negou, contudo, que está promovendo um abaixo-assinado.

“Os números divulgados no Neowin como valendo para a petição são, na verdade, os telefones do suporte técnico da Microsoft, e não recebem reclamações ou sugestões sobre nossos produtos”, afirmou uma porta-voz da empresa, por e-mail.

A representante pediu que os usuários parem de ligar ao suporte. “Em nome dos clientes que precisam de assistência técnica, pedimos que parem de telefonar ao nosso suporte para pedir uma extensão do Windows XP.”

Embora o CEO da empresa, Steve Ballmer, tenha dito que a Microsoft reconsideraria o fim do sistema, a partir de 30 de junho, a empresa encerra o prazo de vendas do Windows XP a fabricantes e varejistas.

Por outro lado, a Microsoft estendeu até 2010 as vendas do sistema operacional a fabricantes de PCs de baixo custo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail